Diversas personalidades ligadas ao futebol estão presas e respondendo a acusações no país

O Besiktas informou nesta quinta-feira que está devolvendo o troféu da última Copa da Turquia, conquistada em maio, com vitória nos pênaltis sobre o Istambul Belediyespor. Ele ficará com a federação local enquanto o técnico e o presidente do clube não forem absolvidos das acusações de manipulação de resultados no país .

A decisão acontece um dia após a justiça turca decidir processar o treinador Tayfur Havuctu e o presidente Serdar Adali, que foram presos na última terça-feira sob acusação de estarem envolvidos em um esquema para arranjar cerca de 19 resultados na última temporada .

O número de presos por ligação com escândalo passou de 30 nesta quinta-feira. A polícia local deteve mais cinco pessoas, incluindo dois jogadores do Belediyespor, que perdeu a decisão para o Besiktas.

Ídolo da seleção turca e do Besiktas, técnico Tayfur Havutcu está detido pelo escândalo na Turquia
Getty Images
Ídolo da seleção turca e do Besiktas, técnico Tayfur Havutcu está detido pelo escândalo na Turquia
O escândalo toma conta da Turquia e diversas personalidades ligadas ao futebol estão respondendo a acusações. Além de jogadores, alguns com passagem pela seleção local, dirigentes, incluindo o presidente do Fenerbahçe, Aziz Yildirim , foram detidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.