Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em mais um sufoco, Atlético-PR passa pelo Arapongas

Guerrón e Paulo Baier, ambos no segundo tempo, anotaram os gols da equipe

Gazeta |

O resultado foi magro e mais uma vez no sufoco, mas o Atlético Paranaense largou com vitória no segundo turno do Campeonato Paranaense 2011 ao bater o Arapongas por 2 a 0, no Estádio Waldemiro Wagner, em Paranavaí. Com o resultado, o time assume a liderança provisória antes dos jogos de domingo. 

Depois de um primeiro tempo ruim, o Atléticoacordou após o intervalo e abriu o placar aos cinco minutos, com Guerrón, que recebeu lançamento em velocidade e teve tranquilidade para tocar na saída do goleiro e balançar as redes. Aos 47 minutos, pênalti para o Atlético. Na cobrança, Paulo Baier não perdoou.

Na próxima rodada, o Arapongas enfrenta o Cianorte, quarta-feira, no Estádio Olímpico Albino Turbay. Já o Atlético Paranaense entra em campo na quinta-feira, quando recebe o Corinthians-PR, na Arena da Baixada.

O jogo
Muita correria no início de partida, com os dois times buscando o ataque, mas parando nas defesas bem postadas. Aos três minutos, Luciano tentou um lançamento em profundidade, mas a bola saiu forte demais, pela linha de fundo. Wellington fez o levantamento na área atleticana e Alê conseguiu afastar o perigo. O Furacão respondeu com Paulinho, que chutou de longe, aos nove minutos, parando nas mãos de Danilo.

AE
Paulo Baier anotou o 2º gol do Atlético-PR na vitória sobre o Arapongas, fora de casa
O Rubro-Negro não estava bem na partida, e só não sofria pressão maior pela falta de criatividade do setor ofensivo do Arapongas. Aos 14 minutos, Rogerinho arrematou e, após desvio, Silvio ficou com a bola. O Atlético-PR chegou com perigo aos 17, com Guerrón, que recebeu passe açucarado e errou o chute. O equatoriano tentou outra vez aos 21 minutos, com um petardo que parou nas mãos de Danilo.

Com as broncas de Geninho na lateral do gramado, o Furacão acordou. Aos 24 minutos, Guerrón deixou o goleiro para trás e chutou cruzado. No meio do caminho, Douglas salvou. Com muita luta no meio campo, o jogo não fluía. Aos 36, Paulo Baier cobrou falta e Danilo segurou firme. Aos 42, de longe, Wellington soltou a bomba, que passou raspando.

Na segunda etapa, as duas equipes voltaram modificadas. A mudança fez mais efeito para o Rubro-Negro que, aos cinco minutos, chegou ao gol com Guerrón, que recebeu com liberdade, escolheu o canto e bateu na saída do goleiro para abrir o placar. O Arapongas quase empatou dois minutos depois, com George, que tentou cruzar e acabou acerando o travessão, assustando o goleiro Silvio.

O gol acordou a equipe do interior, que partiu para o ataque. Aos 11 minutos, Wellington fez o levantamento e, depois de desvio da zaga, a bola passou com perigo. Boa jogada do Furacão, aos 15, com Wagner Diniz invadindo a área, perdendo para Danilo e dando rebote para Paulo Baier, que chutou em cima de Lucas, perdendo uma chance real para ampliar a contagem e matar o jogo.

O Arapongas chegou ao gol, aos 26 minutos, com Gustavo, de cabeça, mas o árbitro anulou o lance marcando impedimento, revoltando os jogadores e a torcida. Aos 32, a jogada quase se repetiu, com Gustavo desviando na área. Desta vez Silvio defendeu, em dois tempos. Aos 35 minutos, Wellington cobrou falta no ângulo e Silvio salvou o Furacão. Aos 42, Paulinho recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Aos 47, pênalti para o Atlético-PR. Na cobrança, Paulo Baier converteu.

Um pouco mais cedo
O segundo turno do Paranaense teve início às 15h30 (de Brasília), com o Rio Branco mostrando que ainda enfrenta dificuldades. O Leão da Estradinha só empatou por 1 a 1 diante do Roma Apucarana, no Gigante do Itiberê, em Paranaguá. Danielzinho abriu o placar para os visitantes, aos 37 minutos do primeiro tempo, e Edmílson deixou tudo igual aos 40.

FICHA TÉCNICA
ARAPONGAS 0 X 2 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Municipal Dr. Waldemiro Wagner, em Paranavaí (PR)
Data: 05 de março de 2011, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva
Assistentes: Marcelo Pavan e Fábio Gazarini Silva

Cartões amarelos: Lila, Peu (Arapongas); Wagner Diniz, Paulinho e Paulo Baier (Atlético-PR)
Cartão vermelho: Paulinho (Atlético-PR)

Gols: ATLÉTICO-PR - Guerrón, aos cinco minutos, e Paulo Baier, aos 48 minutos do segundo tempo

ARAPONGAS: Danilo; Maicon, Bruno Matavelli (Gustavo), Douglas e George; Peu, Wellington, Jocivalter (Alexandre) e Rogerinho (Bruno Maranhão); Lila e Luciano.
Técnico: Toninho Moura

ATLÉTICO-PR: Sílvio; Gabriel, Manoel e Rafael Santos; Kléberson (Vítor), Alê, Paulo Baier, Heverton (Wagner Diniz) e Paulinho; Lucas e Guerrón.
Técnico: Leandro Niehues

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG