Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em mais um show de Bale, Tottenham bate Inter e vira líder do Grupo A

Vitória por 3 a 1, em Londres, transformou Tottenham em líder por ter vantagem no confronto direto contra a Inter. Ambos têm sete pontos

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861751914&_c_=MiGComponente_C

O Tottenham Hotspur conseguiu uma importante vitória por 3 a 1 sobre a Internazionale nesta terça-feira, em Londres. A equipe inglesa dominou os visitantes durante quase todo o jogo e contaram, mais uma vez, com grande atuação do meia Bale, que infernizou o lado direito do adversário e deu duas assistências. Os gols foram marcados por Van der Vaart, Crouch e Pavlyuchenko para os anfitriões, enquanto Eto'o descontou para a atual campeã.

Com a vitória, o time de Londres assumiu a liderança do Grupo A com os mesmo sete pontos da Inter, mas levando vantagem no saldo de gols do confronto direto, já que perdeu por 4 a 3 na Itália.

Na próxima rodada, a Inter recebe os holandeses do Twente, enquanto os londrinos seguem em casa e encaram o Werder Bremen (ALE).

O jogo
A partida começou com os ingleses ameaçando uma pressão sobre a Inter, mas abusando dos chuveirinhos. Enquanto isso, os italianos tiveram as melhores chances, em dois chutes de fora da área, primeiro com Eto'o e depois com o holandês Wesley Sneijder.

Quando os anfitriões resolveram jogar com a bola no chão, saiu o primeiro gol. Aos 18 minutos, o croata Modric recebeu a bola no meio-campo, limpou dois adversários e achou Van der Vaart livre. O meia holandês, com muita calma, bateu firme, sem chances para Castellazzi.

Depois do gol, o Tottenham seguiu melhor, se aproveitando das boas investidas de Bale. Em uma delas, o ala achou Crouch livre na área da Inter, mas o grandalhão pegou todo desajeitado na bola, perdendo ótima chance de aumentar o placar.

Acanhados, os italianos só voltaram a chegar com perigo já aos 41 minutos, quando Eto'o sofreu falta na entrada da área. Sneijder pegou a bola e bateu com muita categoria, mas viu Cudicini fazer excelente defesa, mantendo a vantagem londrina até o intervalo.

Na volta para a segunda etapa, mais pressão dos donos da casa. Aproveitando a velocidade de Lennon, os londrinos chegaram em três boas ocasiões, mas não conseguiram ampliar a vantagem.

O gol só saiu quando o melhor jogador dos ingleses apareceu. Bale recebeu pela esquerda e puxou belo contra-ataque. Após deixar Nwankwo na saudade, o galês achou Crouch no meio da área. Sem goleiro, o atacante só teve o trabalho de empurrar para as redes e marcar.

Logo depois, o galês, destaque do jogo, ganhou mais uma vez pela esquerda e deixou para Crouch fazer sem goleiro. O gol só não saiu porque o juiz marcou saída de bola na jogada.

Após os minutos intensos, os ingleses diminuíram o ritmo, e viram a Inter melhorar com as entradas de Philippe Coutinho e Milito. O argentino, aliás, deu bom chute de canhota logo no seu primeiro lance.

As mudanças, porém, parecem ter sido tarde demais. Eto'o ainda deu sobrevida aos visitantes com um belo gol, aos 35 minutos, mas a reação esfriou aos 43 minutos. Em mais uma linda jogada, Bale deu um ?drible da vaca' em Lucio, ganhou na velocidade, e deixou Pavlyuchenko sem goleiro para marcar o terceiro e fechar o placar.

Twente vence fora e encosta 
Em um jogo com muito poucas chances de gol, o Twente conquistou um importantíssimo triunfo sobre o Werder Bremen, fora de casa, e chegou aos cinco pontos. Os gols saíram no segundo tempo. Primeiro, aos 36, Chadli bateu, a bola desviou no brasileiro Wesley e tirou o goleiro Mielitz da jogada. Três minutos depois, De Jong, livre, cabeceou e fechou o placar em 2 a 0.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG