Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em Londres, Chelsea recebe o Genk para consolidar a liderança do Grupo E

Para partida da Liga dos Campeões, time inglês terá desfalques do volante Ramires, do goleiro Hilário e do meia Michael Essein

Gazeta |

Pela terceira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, o Chelsea recebe, às 16h45 (de Brasília) desta quarta-feira, o atual campeão belga Genk, para um duelo que pode custar a liderança do Grupo E.

O clube inglês, que é apenas o terceiro colocado do campeonato nacional, três pontos atrás do líder Manchester City, quer a vitória na partida desta quarta-feira para evitar surpresas na sequência da competição, já que a diferença de pontos entre os quatro times do Grupo E é muito pequena.

"Uma vitória coloca Genk de volta na batalha para a qualificação e é isso que queremos evitar. A partida será muito importante porque estamos em casa, a oportunidade está lá, mas nunca é fácil", declarou o técnico André Villas-Boas.

Para a partida, Villas-Boas terá os desfalques do volante brasileiro Ramires, do goleiro português Hilário e do meia Michael Essein. Em compensação contará com o retorno de Fernando Torres, já que ele está suspenso apenas para partidas da Premier League.

Já do lado belga, o técnico Mario Been terá que escalar um time muito diferente do que entrou em campo nas duas primeira partidas, pois sofre com a contusão de quatro jogadores. Mas o meio-campista Kevin de Bruyne, considerado por Villas-Boas como "um talento excepcional", estará em campo.Com quatro pontos conquistados em um empate com o Valência e uma vitória sobre o Bayer Leverkusen na estréia da Champions, o Chelsea é o líder do Grupo E, seguido pelo clube alemão, que possui três pontos. Os espanhóis, que empataram as duas primeira partidas, ocupam a terceira colocação e a lanterna do grupo fica com o Genk, com apenas um ponto.

Na outra partida do Grupo E, que acontece também às 16h45 (de Brasília) desta quarta-feira, o Bayer Leverkusen recebe o Valência na BayAren. A vitória será fundamental para ajudar o clube alemão a se restabelecer na temporada, já que ocupa apenas a oitava colocação da Bundesliga.

Mas a tarefa dos alemães não será fácil, porque o clube espanhol ainda não perdeu na competição continental e também quer se recuperar em relação ao retrospecto no Campeonato Espanhol, onde é apenas o quinto colocado.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG