Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em Leverkusen, Chelsea busca vitória para confirmar vaga na oitavas

Time inglês avança na Liga dos Campeões se derrotar Bayer fora de casa e Valencia não superar o Genk

Gazeta |

Depois do empate com o lanterna Genk, na rodada passada, o Chelsea precisa de um bom resultado nesta quarta-feira, fora de casa às 17h45 (de Brasília), para manter-se na ponta do grupo E da Liga dos Campeões da Europa. O rival, porém, é o Bayer Leverkusen, que aposta no fato de atuar na Bay Arena para ultrapassar os blues na chave e dar um grande passo rumo às oitavas de final.

Com oito pontos em quatro jogos, o Chelsea pode classificar-se já nesta rodada, caso vença seu encontro com o Bayer Leverkusen, que tem seis, e o Valencia, com cinco, não consiga vencer seu encontro com o Genk, ou até com um empate na Alemanha e uma derrota do time espanhol na Bélgica.

Vindo de derrota para o Livepool no Campeonato Inglês, a pressão no Chelsea cresce, especialmente sobre o técnico André Villas-Boas, que, após se destacar à frente do Porto, na última temporada, ainda não conseguiu emplacar no time londrino, tendo o pior início de temporada do clube nos últimos anos. Segundo a imprensa local, a demissão do comandante dos blues já tem sido até cogitada.

Por isso, o comandante português prevê a necessidade de uma vitória já contra o rival desta quinta-feira, na Alemanha. "O mais importante é regressar às vitórias imediatamente, se possível já contra o Bayer Leverkusen. É um jogo de extrema importância. Depois teremos três jogos no Campeonato Inglês, nos quais devemos somar nove pontos. O desafio é ter crença e força para lutar pelos nove pontos", disse.

Embora não seja o líder da chave, o Bayer Leverkusen tem altas expectativas para o jogo com o Chelsea. Há três jogos sem perder na Bundesliga, o time alemão espera conseguir aproveitar-se da pressão sobre o rival inglês. "Sabemos que o Chelsea não está bem na Premier League e estão 12 pontos atrás do Manchester City. Respeitamos seus jogadores, mas eles estão sob pressão e esperamos com isso conseguir a vitória", explicou Robin Dutt, comandante do time alemão.

Nesta partida, o meia do time alemão, Michael Ballack chegará ao seu jogo de número 100 em competições europeias, exatamente contra seu ex-clube. Aos 35 anos, o experiente jogador é tido como uma importante peça neste encontro. "Na forma que ele tem demonstrado estar, o Ballack é incrivelmente importante, não há dúvida quanto a isso", explicou.

Também às 17h45 (de Brasília) desta quarta-feira, o Valencia recebe o Genk, no Mestalla, precisando de um bom resultado diante do lanterna para seguir pensando em classificação. Uma derrota diante dos belgas, que ainda não triunfaram na competição, pode facilitar a situação de Leverkusen e Chelsea, ponteiros do grupo.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG