Tamanho do texto

Finalmente em boa fase, meia brasileiro afirma que jamais pensou em ser negociado pelo clube espanhol

O meia Kaká posa ao lado de sua imagem virtual do Fifa 2012
EFE
O meia Kaká posa ao lado de sua imagem virtual do Fifa 2012
Nada como a boa fase. Nesta quinta-feira, ao participar de evento para o lançamento do game Fifa 2012, o meia Kaká afirmou que jamais pensou em deixar o Real Madrid . E que tem certeza de que o técnico José Mourinho e os dirigentes do clube espanhol não pensaram em negociá-lo .

Veja também: Kaká dá sinais de redenção e é elogiado no Real Madrid

"Para que eu saísse, uma dessas três hipóteses teriam de ocorrer: eu desejar ser negociado, o treinador não contar mais comigo ou o clube decidir me vender", afirmou Kaká. "Eu jamais quis sair, em momento algum. O treinador (Mourinho) me chamou e perguntou minha situação. Expliquei que desejava ficar e ele me disse que contava comigo..."

Leia ainda: Após gol e assistência, Kaká diz não sentir mais dores

O brasileiro disse ainda que conversou sobre o assunto com o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez. "Me reuni com Florentino e ele me afirmou que não havia o desejo de me vender. Então, não houve motivos para pensar em sair..."

Confira a ficha completa de Kaká

Kaká comemora a recuperação da forma física ideal e esbanja otimismo para o restante da temporada. "Sempre tive o sonho de vencer no Real, e não seriam uns poucos obstáculos que me impediriam de realizar este sonho. Estou feliz, superei problemas físicos que realmente me aborreciam e me sinto pronto para a temporada, que será difícil", analisou. "O ambiente no clube é muito bom. Dizem que há problemas de relacionamento no vestiário do Real, mas isso é mentira."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.