Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em jogo polêmico, Chelsea humilha Tottenham e avança à final da Copa

Chelsea venceu por 5 a 1 o duelo de equipes londrinas, e agora encara o Liverpool na final da Copa da Inglaterra

Gazeta |

Neste domingo, em jogo marcado por polêmica, o Chelsea goleou o Tottenham, por 5 a 1, no Estádio Wembley, e avançou à final da Copa da Inglaterra, que será realizada contra o Liverpool . Os Blues agora voltam todas as atenções para outra decisão, desta vez nesta terça-feira, diante do Barcelona , pela ida da semifinal da Liga dos Campeões da Europa .

null

Os primeiros 15 minutos começaram "mornos", com as duas equipes tentando ler o adversário aos poucos. Melhor para o Tottenham, que passou a dominar a partida com a velocidade de Bale e Lennon pelas laterais, que ainda contavam com a boa armação de Van der Vaart . Os Spurs tiveram duas ótimas chances de abrir o placar: aos 36 minutos, Lennon cruzou para Van der Vaart. O holandês cabeceou e a bola passou pelo goleiro do Chelsea, Petr Cech , mas não pelo zagueiro John Terry , que salvou em cima da linha.

Aos 40, outro cruzamento levou perigo, desta vez pelos pés de Van der Vaart, mas Adebayor furou e a bola enganou Cech, acertando a trave. Mesmo com o domínio, foi o Chelsea que acabou abrindo o placar, três minutos depois: Didier Drogba recebeu longo passe de Terry na entrada da área, dominou de costas, girou sobre o adversário e chutou forte no ângulo de Cudicini para explosão dos torcedores dos Blues no Wembley.

Veja também: Carroll decide e Liverpool vai à final da Copa da Inglaterra

No segundo tempo, a equipe de Stanford Bridge começou empolgada e ampliou o placar logo aos quatro minutos, em lance muito polêmico: após confusão na área do Tottenham em cobrança de escanteio, a bola sobrou para Juan Mata, que finalizou. A bola sequer encostou na linha, pois foi salva pelos zagueiros, mas o lance foi suficiente para que o árbitro, mesmo com a opinião contrária do bandeirinha, marcasse gol para o Chelsea.



A injustiça pareceu ter acordado o Tottenham, que aos 11 minutos diminui, com Bale: após bom lançamento de Parker para Adebayor, Cech saiu e dividiu com o togolês. A bola sobrou para Bale, que apenas empurrou para o gol vazio. No lance, o zagueiro brasileiro David Luiz se lesionou na corrida e teve que ser substituído, virando dúvida para o duelo com o Barça.

A reação dos Spurs parou por aí, porque aos 35 minutos, Mata deu lindo passe para Ramires, que saiu na cara do gol. O volante brasileiro não desperdiçou a chance e definiu a vitória no clássico londrino, que ainda teve tempo para ver mais dois gols. Lampard, em pefeita cobrança de falta, enganou Cudicini, que nada pôde fazer. Já nos acréscimos, em mais uma assistência de Mata, Malouda fechou a conta em Wembley.

AP
Após anotar o quarto do Chelsea no jogo, Lampard é abraçado pelos companheiros
Enquanto o Chelsea faz o jogo da temporada até agora contra o Barcelona no meio de semana, o Tottenham, na quarta-feira, visita o Bolton, que luta contra o rebaixamento. Os Spurs vão se classificando à Liga dos Campeões da próxima temporada, mas ainda têm concorrência de Newcastle e Chelsea, que vêm logo atrás na tabela.

Leia tudo sobre: Copa da InglaterraChelseaTottenhamRamiresDavid LuizMataDrogbaLampardinglaterrafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG