Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em jogo emocionante, Portuguesa empata com Criciúma e adia título

Time paulista sofreu até o final para segurar o resultado, mas conseguiu o empate e ficou mais perto do título da Série B

Gazeta |

Futura Press
Portuguesa e Criciúma fizeram confronto brigado em Santa Catarina
A Portuguesa foi até Criciúma na noite desta terça-feira e, em jogo digno de definir o campeão do Campeonato Brasileiro da Série B, ficou no empate por 1 a 1 com os donos da casa. Aos 44 segundos, Anderson Conceição abriu o placar para os donos da casa, mas Cleiton, na etapa final, garantiu a igualdade.

Com o resultado, os paulistas chegam a 71 pontos conquistados, abrindo 14 de diferença para a Ponte e 15 para o Náutico. Como os rivais ainda têm cinco jogos para realizar, o grito de campeão ficará guardado pelo menos até ambos entrarem em campo. 

Sem os três pontos, a Portuguesa não poderá mais igualar a campanha do Corinthians, campeão do torneio em 2008 com o melhor aproveitamento da história (85 pontos conquistados).

Na próxima rodada, os paulistas recebem o Sport Recife no Canindé, precisando apenas de uma vitória para serem campeões. Isso se a Ponte Preta vencer o Americana e o Náutico bater o ASA, todos no sábado. Caso contrário, a Portuguesa é campeã sem precisar jogar.

Alheios a essa briga, os catarinenses seguem na luta por uma vaga na Série A contra a própria Ponte, na próxima terça-feira, novamente no estádio Heriberto Hulse.

AE
Bola aérea foi responsável pelo primeiro gol do jogo, feito por Anderson Conceição, do Criciúma

O Jogo
A partida começou com os anfitriões praticamente na frente do placar. Aos 44 segundos de bola rolando, o capitão Anderson Conceição desviou bola após cobrança de escanteio de Doriva e bateu o goleiro Weverton. Luis Ricardo, embaixo da trave, ainda tentou tirar, mas não alcançou a redonda.

No restante da primeira etapa, quem parecia fazer uma campanha quase perfeita na competição era o time da casa. Mostrando muita vontade, os anfitriões chegaram perto de ampliar em outras três oportunidades.

Logo aos 11 minutos, Doriva pegou sobra e, da intermediária, arriscou um forte chute, que passou rente à trave esquerda de Weverton. Quatro minutos mais tarde, Roni cruzou e Baraka tentou de calcanhar, mas mandou para fora.

Na última, Doriva deu lindo drible em Renato e arriscou outra vez, mas mandou novamente para fora. Na única chance dos visitantes, Jaime desviou de bicicleta e Ananias desviou já quase na pequena área. Rogélio, em cima da linah do gol, afastou o perigo.

Na etapa final, a líder do torneio voltou mostrando o futebol que a consagrou. Aos dez minutos, Marco Antônio pegou sobra na entrada da área e bateu colocado, mas mandou para fora. Na resposta, Jackson bateu e o goleiro lusitano espalmou. Na sobra, Thiago Silvy cruzou, mas ninguém apareceu para concluir.

No lance seguinte, veio o empate. Ananias desceu pela esquerda e cruzou rasteiro. Cleiton apareceu na área e chutou aproveitando saída ruim de Andrey.

Ligado o time da casa passou a pressionar buscando a vitória, mas Baraka perdeu boa chance dentro da área, aos 24. Pouco depois, Adeilson aproveitou cruzamento e cabeceou firme, exigindo um milagre de Weverton, que colocou para escanteio.

Nos minutos finais, muita pressão dos anfitriões. Bolas alçadas na área, defesa espetacular de Weverton, cabeceio do também arqueiro Andrey e chute do meio-campo de Marco Antônio. Ainda deu tempo dos catarinenses reclamarem de pênalti, não marcado. Final, 1 a 1 no Heriberto Hulse.

 

Leia tudo sobre: portuguesacriciúmasérie b 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG