Na Ressacada, o time da casa esteve em desvantagem para o time baiano, mas conseguiu buscar resultado

Depois de abrir o placar e sofrer a virada, o Avaí conseguiu empatar por 2 a 2 com o Bahia , em jogo emocionante disputado na Ressacada, nesta quarta-feira. O resultado mantém o jejum do time catarinense, que não venceu nenhuma das oito partidas que disputou no Brasileirão: são cinco derrotas, três empates e penúltima posição na classificação.

Já o Bahia, que jogou com desfalques - o zagueiro Thiego, o lateral esquerdo Ávine, o meia Carlos Alberto e o atacante Souza estão com problemas médicos -, chegou aos oito pontos e ronda a zona de rebaixamento.

O próximo duelo dos catarinenses é no sábado, às 21 horas (de Brasília), contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada. Já os nordestinos pegam o Botafogo no estádio de Pituaçu, domingo, às 16 horas.

null

O jogo
A partida demorou alguns minutos para começar porque o sistema de irrigação da Ressacada foi acionado fora de hora, mas a espera valeu a pena. Apostando nas jogadas pelas laterais, o Avaí começou pressionando e abriu o marcador aos 19 minutos: Romano bateu cruzado, Marcelo Lomba espalmou para o meio e viu Rafael Coelho completar para as redes.

O empate do Bahia veio na base do talento de Jobson. Aos 23 minutos, o atacante invadiu a área pela esquerda e cruzou para o centroavante Júnior completar para o gol. Dois minutos mais tarde, foi o experiente Ricardinho o autor da assistência. Ele cobrou escanteio da esquerda e Paulo Miranda testou firme, virando o jogo e deixando o torcedor do Avaí apreensivo.

Junior comemora seu gol pelo Bahia
Gazeta Press
Junior comemora seu gol pelo Bahia

O empate poderia ter vindo ainda no primeiro tempo, já que Rafael Coelho aproveitou bobeira da defesa após cruzamento de Robinho para bater com perigo, à esquerda do goleiro rival. Insatisfeito, Alexandre Gallo fez duas modificações no intervalo: mandou Diogo Orlando e Maurício Alves a campo e tirou Fabiano e Robinho. René Simões também mexeu, com Marcos no lugar de Dodô.

O jogo pegou fogo e os donos da casa empataram aos 13 minutos da etapa complementar. Após cobrança de escanteio, Romano cruzou da esquerda e Rafael Coelho exigiu ótima defesa de Marcelo Lomba. No rebote, porém, o goleiro não teve como defender o chute de Gustavo Bastos.

As chances se multiplicaram depois do empate. Um minuto depois do segundo gol, o Avaí assustou com um chute de Cleverson que passou à esquerda do goleiro. Aos 20, Rafael Coelho cabeceou e Marcelo Lomba defendeu bem. Cinco minutos depois, Ricardinho cobrou falta na área e Welton Felipe cabeceou contra o patrimônio, acertando a trave.

De tanto insistir, a bola entrou. No entanto, a arbitragem marcou falta de ataque sobre o goleiro Marcelo Lomba e anulou o gol marcado por William.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 2 x 2 BAHIA

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 6 de julho de 2011, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Gilson Bento Coutinho (PR)
Cartões Amarelos: Cleverson (Avaí), Lulinha, Jobson e Dodô (Bahia)

Gols:
AVAÍ: Rafael Coelho, aos 19 minutos do primeiro tempo, e Gustavo Bastos, aos 13 do segundo tempo.
BAHIA: Júnior, aos 23, e Paulo Miranda, aos 25 minutos do primeiro tempo.

AVAÍ: Felipe; Daniel, Welton Felipe, Gustavo Bastos e Romano; Fabiano (Diogo Orlando), Pedro Ken, Robinho (Maurício Alves) e Cléverson; Rafael Coelho (Fábio Santos) e William.
Técnico: Alexandre Gallo

BAHIA: Marcelo Lomba; Jancarlos (Maranhão), Titi, Paulo Miranda e Dodô (Marcos); Fahel, Marcone, Diones e Ricardinho (Lulinha); Jobson e Júnior.
Técnico: René Simões

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.