Com dores no joelho esquerdo, Liedson chega a sete jogos seguidos sem marcar pelo clube

Liedson passou perto das redes, mas ainda não marcou em 2012
Gazeta Press
Liedson passou perto das redes, mas ainda não marcou em 2012
Liedson passou em branco na estreia do Corinthians na Libertadores, na quarta-feira. O atacante não vive boa fase e com mais um jogo sem balançar as redes superou seu pior jejum de gols com a camisa corintiana. Agora, são sete partidas oficiais seguidas sem balançar as redes.

Leia também: Na segunda passagem, Liedson nunca havia ficado tanto tempo em jejum

Em 2003, ano em que defendeu a equipe pela primeira vez, ele ficou seis jogos sem marcar e até esta partida contra Táchira, na quarta-feira, esta era sua pior sequência em branco. Em 2003 ele ficou sem marcar em seis jogos do Campeonato Brasileiro contra Atlético-PR, Santos, Paraná, Figueirense, Atlético-MG e Paysandu, o último antes de se despedir do clube e ser vendido ao Sporting, de Portugal.

Agora, entre 2011 e 2012, Liedson não marcou nas partidas contra Palmeiras (última rodada do Brasileiro), Mirassol, Guaratinguetá, Linense, Bragantino, Mogi Mirim (pelo Paulistão) e Deportivo Táchira (Libertadores). Ele anotou um gol neste período, mas não em partida oficial. Foi contra o Flamengo, dia 15 de janeiro, em amistoso que abriu a temporada. Liedson tem 46 gols em 89 jogos pelo Corinthians, o que significa que ele tem pelo menos um gol a cada dois jogos, ou 0,51 gol por jogo

A má fase de Liedson se explica pelas dores que o atacante carrega no joelho esquerdo desde o ano passado. Apesar de ter passado por uma artroscopia no local durante a campanha no Campeonato Brasileiro, a intervenção apenas protelou o problema, que ainda incomoda o jogador. As dores neste joelho o incomodam desde os anos em que atuou em Portugal.

Liedson certamente não será utilizado na partida deste sábado, contra o São Caetano, pelo Campeonato Paulista. Ele e outros titulares que atuaram em San Cristóbal, contra o Táchira, ganharão uma folga. Ele também pode ser preservado do jogo contra a Portuguesa, dia 22, no Pacaembu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.