Atacante entrou com o time perdendo por 2 a 0 e participou dos três gols da virada corintiana em Ipatinga

nullNo duelo entre o líder do Campeonato Brasileiro e de um time que está dentro da zona de rebaixamento, o Corinthians fez valer a diferença técnica e venceu o Atlético-MG , por 3 a 2, no Ipatingão. No entanto o jogo não foi nada fácil para o time paulista, que terminou o primeiro tempo perdendo por 2 a 0, com gols de Dudu Cearense e Guilherme. Mas com um segundo tempo espetacular e gols de Emerson , Alex e Liedson, o Corinthians virou e mantém a liderança do Brasileirão.

Entre para a Torcida Virtual de Atlético-MG ou Corinthians e convide seus amigos

O primeiro tempo foi bastante animador para o torcedor atleticano, que viu seu time de calção branco, como havia pedido Cuca, e com muita vontade. A estratégia montada por Cuca foi deixar o Corinthians com a bola e buscar o gol nos contra-ataques e nas bolas paradas. Tanto que o time paulista teve 61% de posse de bola no primeiro tempo, enquanto a equipe mineira cometeu 13 faltas na primeira etapa, contra quatro dos visitantes.

Confira a classificação atualizada do Brasileirão

Mas Tite mudou o time no intervalo e o recado foi dado por Emerson, antes de entrar na partida. “Vamos jogar com dois na frente, junto do Liedson e com muita movimentação. É buscar o primeiro gol até os 15 minutos, para termos condições de buscar o resultado”, disse o camisa 11 do Corinthians. Talvez ele não esperasse uma reação tão rápida, pois com oito minutos o jogo já estava empatado em 2 a 2 e o Atlético-MG sem Réver.

O gol da vitória foi de Liedson, mas o nome da partida foi Emerson. O atacante do Corinthians mudou a forma da equipe jogar, fez o primeiro gol, sofreu dois pênaltis e ainda desviou a bola para o terceiro gol do Corinthians, que mantém a liderança com firmeza e agora com mais moral. Renan Ribeiro ainda pegou um pênalti de Alex. Já o Atlético-MG, mais uma vez, vai juntar os cacos para tentar uma reação no Brasileiro, que se adia a cada rodada.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG ou do iG Corinthians e receba notícias do seu time em tempo real

O jogo
Desde os primeiros minutos o Corinthians tentou ditar o ritmo da partida e começou com mais posse de bola do que o Atlético-MG. Mesmo fora de casa, a equipe de Tite criou a primeira boa oportunidade e só não marcou por conta de uma furada de Jorge Henrique, já dentro da pequena área. A resposta atleticana foi no lance seguinte, com cruzamento de Guilherme, mas Magno Alves não chegou a tempo.

Se o Corinthians tinha a bola do jogo, o Atlético-MG tinha a eficiência. Marcando forte, mas com muitas faltas, o time mineiro dificultava o jogo dos meias Danilo e Alex, que não conseguiu servir Liedson, que estava entre três zagueiros. E num escanteio, aos 13 minutos, o Atlético-MG fez o primeiro gol do jogo com Dudu Cearense, desviando uma cabeça de Réver.

Se com o empate o Atlético-MG já deixava a bola com o Corinthians para jogar no contra-ataque, foi assim que fez depois do primeiro gol. O segundo gol só não saiu por conta de grande defesa de Júlio César em cabeça de Magno Alves, mas na cobrança de escanteio, o baixinho Jorge Henrique estava marcando o grandalhão Réver e fez pênalti. Guilherme bateu bem e fez o segundo, aos 27 minutos. Oito minutos depois o próprio Guilherme teve a chance de matar o jogo, mas tentou encobrir Júlio César e mandou a bola na mão do goleiro do Corinthians.

Se o primeiro tempo foi de eficiência do Atlético-MG, o segundo foi arrasador do Corinthians. Tite mandou o time para cima, com Emerson ao lado de Liedson e conseguiu empatar a partida com apenas oito minutos. Primeiro com Emerson, aos quatro minutos, num gol muito parecido com o primeiro do Atlético-MG. Depois foi a Alex, de pênalti, que causou a expulsão de Réver.

Melhor em campo e trabalhando bem a bola, a virada era questão de tempo e saiu aos 29 minutos. Sempre pela esquerda, aproveitando a fragilidade do lateral-direito atleticano Patric, Jorge Henrique cruzou e Emerson desviou antes de Liedson empurrar para o gol. O quarto gol passou bem perto, em novo pênalti sofrido por Emerson, Alex cobrou, mas dessa vez o goleiro Renan Ribeiro defendeu.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-MG 2 X 3 CORINTHIANS
Local: Estádio Ipatingão, em Ipatinga-MG
Data: 17 de agosto de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Renda: R$ 144.532,50
Público: 11.167 pagantes
Árbitro : Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Edney Guerreiro Mascarenhas (RJ)

Cartões Amarelos : Dudu Cearense, Renan Ribeiro e Richarlyson (CAM); Júlio César e Emerson (COR)
Cartão Vermelho : Réver (CAM)

GOLS:

ATLÉTICO-MG: Dudu Cearense, aos 13, e Guilherme, aos 27 minutos do primeiro tempo
CORINTHIANS: Emerson, aos 4, Alex, aos 8, e Liedson, aos 29 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG : Renan Ribeiro; Réver, Lima e Werley; Patric (Caio), Fillipe Soutto (Jonatas Obina), Dudu Cearense, Bernard e Richarlyson; Magno Alves (Gilberto) e Guilherme .
Técnico: Cuca

CORINTHIANS : Júlio César; Alessandro (Emerson), Wallace, Leandro Castán e Welder; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex; Jorge Henrique e Liedson (Edenilson).
Técnico: Tite

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.