Goleiro do São Paulo relembrou as dificuldades que o time teve no jogo do Brasileirão deste ano, quando venceu por 2 a 0

No começo do Brasileirão, o São Paulo conseguiu cinco vitórias consecutivas e ficou um bom tempo na liderança. Um desses triunfos foi contra o Ceará , adversário desta quarta-feira na estreia da equipe na Copa Sul-Americana. Porém, a vitória por 2 a 0 no estádio Presidente Vargas , mesmo palco do duelo pela competição continental, veio com muito custo e com uma ótima atuação do goleiro Rogério Ceni .

Siga o iG São Paulo no Twitter

Quando o jogo ainda estava empatado sem gols, no primeiro tempo, o capitão são-paulino defendeu um pênalti, fato que animou o grupo em busca dos três pontos fora de casa. "É sempre complicado jogar aqui (em Fortaleza). Ganhamos, mas foi um jogo sofrido. Tivemos muitas finalizações contra. É um time bom, ofensivo, que tem força pelas laterais. É uma equipe difícil de ser batida", avaliou o camisa 1.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Rogério Ceni, goleiro e capitão do São Paulo
Vipcomm
Rogério Ceni, goleiro e capitão do São Paulo
Apesar do alerta de Rogério Ceni, os números mostram que o Ceará é um freguês histórico do São Paulo. As equipes se enfrentaram apenas 14 vezes ao longo dos anos, com nove vitórias dos paulistas, duas dos cearenses e outros três empates. Esta será a primeira vez que as equipes vão duelar por uma competição continental.

Se os dados gerais já mostram um favoritismo teórico ao São Paulo, o retrospecto tricolor dentro do Presidente Vargas é melhor ainda. No acanhado estádio de Fortaleza, o clube do Morumbi já atuou em seis oportunidades contra o Ceará e nunca perdeu. Foram três vitórias e três empates.

São Paulo e Ceará jogam a partida de ida da fase nacional da Sul-Americana nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília). O jogo de volta está programado para daqui duas semanas, dia 24 de agosto, desta vez no estádio do Morumbi, na capital paulista. O classificado avança às oitavas de final da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.