Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em festa, São Paulo quer concentração para encarar o Santa Cruz

Após celebrar Ceni e "Fabuloso", time vai ao Recife em busca de classificação antecipada na Copa do Brasil

Gazeta Esportiva |

Apresentação de Luis Fabiano, centésimo gol de Rogério Ceni, fim de tabu no clássico contra o Corinthians. Não faltam motivos para o São Paulo comemorar nesta semana, mas o time sabe que não pode diminuir o ritmo, já que tem compromisso nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), diante do Santa Cruz, no estádio do Arruda, pela Copa do Brasil.

"Futebol é assim. Depois de ganhar, o jogo anterior já fica no passado e você tem que fazer história novamente", afirmou o atacante Dagoberto, confiante na concentração de Rogério Ceni para o jogo, mesmo depois da intensa celebração pelo centésimo gol. "Ele é um cara que sempre busca desafios novos. É bacana ter um cara assim ao nosso lado".

A partida contra o Santa Cruz também tem um significado especial para o meia Rivaldo, que treinou entre os titulares, mas ainda não tem presença certa no time, justamente no confronto contra o clube que o revelou para o futebol.

"Toda minha família é tricolor (pernambucano) e eu também era na minha infância. Sou torcedor do Santa Cruz, mas sou profissional e, se tiver oportunidade, vou jogar e respeitar", comentou o pentacampeão, que nasceu na cidade de Paulista, em Pernambuco.

A volta de Rivaldo depende de Miranda, que foi poupado das atividades por conta de uma amigdalite. O zagueiro não deve ser problema, mas o técnico Paulo César Carpegiani terá de optar entre um dos dois, com a chance de deixar o time mais ofensivo com o pentacampeão ou defensivo com o camisa 5.

Outra novidade é o retorno de Lucas, depois de ter desfalcado o time por duas rodadas por conta da convocação para a seleção brasileira. O garoto assume a vaga deixada por Ilsinho.

"Não sabemos ainda se joga o Rivaldo ou se joga outro zagueiro. O Carpegiani falou que ia treinar as duas formações, mas não definiu ainda quem vai jogar. Ele não passou qual é o time, mas tenho certeza de que quem entrar vai fazer um bom trabalho", avaliou Rhodolfo.

Para se classificar com antecedência para a próxima fase, o São Paulo precisa da vitória por dois gols de diferença. Mas o Santa Cruz não está disposto a dar sequência à festa da equipe paulista.

"Sabemos que é uma equipe grande, um time difícil de ser batido. Mas nós vamos jogar em casa, com a nossa torcida. Vamos tentar surpreender o São Paulo, porque o Santa Cruz também é um time grande e tem qualidade", afirmou o zagueiro Leandro Souza, que está liberado pelos médicos para a partida.

Já o volante Memo segue vetado por ordem clínica e, com isso, Cléber Goiano será mantido no meio-campo, com Jackson na lateral direita. Gilberto, por sua vez, vive situação indefinida no Arruda, já que recebeu proposta do Corinthians, mas deve jogar.

FICHA TÉCNICA - SANTA CRUZ X SÃO PAULO

Local: estádio Arruda, no Recife (PE)
Data: 30 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Raimundo Carneiro de Oliveira e José Dias da Hora (ambos da BA)

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso, Jackson, Thiago Matias, Leandro Souza e André Oliveira; Renatinho, Jeovânio, Cléber Goiano e Natan; Landú e Gilberto
Técnico: Zé Teodoro

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Rhodolfo, Alex Silva e Juan; Rodrigo Souto, Carlinhos Paraíba, Lucas e Rivaldo (Miranda); Fernandinho e Dagoberto
Técnico: Paulo César Carpegiani

Leia tudo sobre: são paulocopa do brasil 2011rogério cenirivaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG