Time catalão vai enfrentar o Levante com a chance de confirmar seu terceiro título espanhol seguido

O Barcelona já está focado para a disputa da final da Liga dos Campeões, que ocorrerá no dia 28 de maio, em Wembley, na Inglaterra. Mas antes do Manchester United , adversário no caminho para o tetracampeonato continental da agremiação catalã, está o Levante e a chance de cumprir uma ordem do técnico Pep Guardiola: garantir logo o título espanhol.

Às 15h (de Brasília) desta quarta-feira, em Valência, o Barcelona só precisa empatar para conquistar, já na antepenúltima rodada do torneio, o tricampeonato nacional. Será a primeira vez que o time vencerá três Espanhóis consecutivos desde o tetra que tinha Guardiola como jogador, Romário e Stoichkov como astros e o ex-craque Johan Cruyff no comando, entre 1990 e 1994.

Sempre resguardado e evitando comparações com aquela equipe que fez história e ficou conhecida como "Dream Team", Guardiola cedeu à grande possibilidade de levantar o título nesta quarta-feira e viajou com toda a delegação. A ideia é que não falte ninguém na provável festa.

A previsão de celebração se justifica na tabela do Campeonato Espanhol. Mesmo com a goleada por 4 a 0 aplicada sobre o Getafe nesta terça-feira, o Real Madrid está com 86 pontos, cinco a menos que o arquirrival da Catalunha. Guardiola, contudo, alerta para a necessidade de já se definir a conquista da taça nacional para se dedicar apenas à final da Copa dos Campeões.

"Parece que ainda está feito, mas ainda não está. Quanto antes, melhor", definiu o treinador, que escalará a melhor formação que puder, já para manter o ritmo, mesmo sem admitir, de olho no Manchester United. Os desfalques são Puyol, que viajou só para levantar a taça, Milito e o brasileiro Adriano, mas o também brasileiro Maxwell está à disposição, assim como Bojan.

Na partida que deve consolidar a hegemonia do Barcelona na Espanha, a ordem é manter seu estilo. "Não sei como jogar para empatar", disse Guardiola, ignorando a possibilidade de ser tricampeão somando apenas um ponto contra o Levante, que luta contra remotas possibilidades de rebaixamento. "A meta é ganhar a partida", definiu.

Valencia na Champions - Já garantido na principal competição do continente, o Valencia pode terminar a antepenúltima rodada já sem a necessidade de disputar a fase eliminatória da Copa dos Campeões. Em terceiro lugar com 66 pontos, o time do atacante brasileiro Jonas visita o Espanyol com a chance de se garantir entre os três primeiros.

Para isso, a equipe precisa vencer e torcer para que o Villarreal de Nilmar, quarto colocado e também com vaga na próxima Champions League assegurada, não vencer o Almería, que ocupa a última posição e já está rebaixado para a segunda divisão espanhola.

Pela classificação na Liga Europa, o Sevilla pode se aproveitar das derrotas de Athletic Bilbao e Atlético de Madri nesta terça-feira e voltar à faixa de classificação para o secundário torneio continental. Caso supere o Osasuna, o clube do brasileiro Renato iniciará a penúltima rodada do Espanhol em quinto.

Na parte de baixo da tabela, o Zaragoza faz um duelo direto contra a degola na casa do Real Sociedad e pode empurrar o Getafe para a zona de rebaixamento se vencer. O Hércules, outro antecipadamente garantido na segunda divisão na próxima temporada, recebe o Mallorca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.