Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em duelo dos opostos, Santos e Palmeiras jogam pela liderança

Enquanto o Santos possui o melhor ataque do Paulista, a equipe de Felipão tem a melhor defesa da temporada

Samir Carvalho e Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O clássico entre Santos e Palmeiras neste domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 17ª rodada do Campeonato Paulista, marcará o duelo dos opostos na competição. O confronto do melhor ataque – Santos – contra a melhor defesa – Palmeiras – também coloca em jogo a liderança do Estadual.

“É lógico que o ataque do Santos é positivo, pois nós (zagueiros) damos o respaldo lá atrás. Como a defesa do Palmeiras, que é forte, pois tem uma marcação que começa lá na frente. Vai ser um grande jogo. O Santos pode vencer e ser líder da competição”, afirmou o capitão santista, Edu Dracena.

Apesar de líder, o Palmeiras não pode confiar no empate na Vila para garantir o posto. Isso porque, a equipe soma 35 pontos e pode ser ultrapassada por São Paulo e Corinthians nesta rodada, que somam 34 pontos, e jogam contra Mirassol e Botafogo, respectivamente.

O Santos também soma 34 pontos e pode terminar a rodada como líder. Para isso, a equipe de Neymar e Ganso precisa vencer o clássico contra o Palmeiras e torcer por tropeços de São Paulo e Corinthians. No critério de desempate, o time do Morumbi leva vantagem, pois tem uma vitória a mais – 11 contra 10.

Além de a partida valer a liderança do Estadual, as duas equipes expõem números adversos no Paulista. Enquanto o time de Felipão tem a melhor defesa, com apenas seis gols sofridos, os santistas possuem o melhor ataque, com 37 gols marcados.

undefined
Felipao arrumou a defesa do Palmeiras
Se não bastasse, no duelo entre os grandes do Paulista, o Palmeiras possui o pior ataque, com 24 gols marcados. Já o Santos tem a pior defesa, com 19 gols sofridos. “Eu prefiro tomar e fazer (gols). É uma segurança que o Palmeiras tem. Mas, sinceramente eu prefiro ter o melhor ataque do que ter a melhor defesa”, afirmou o técnico do Santos, Marcelo Martelotte.

Para o duelo contra o Palmeiras, Martelotte contará com os retornos de Elano e Neymar, que desfalcaram a equipe na vitória contra o Ituano por 3 a 2 no último domingo, pois estavam servindo à seleção brasileira no amistoso contra a Escócia, em Londres. Outra novidade será o retorno de Léo, que não jogava há três rodadas por causa de uma sinusite.

O técnico interino não confirmou o parceiro de Neymar no ataque. O treinador está em dúvida entre Zé Eduardo e Keirrison. No restante, a equipe está definida. Pará será o substituto de Jonathan na lateral-direita, já que o titular voltou a sentir um edema muscular na coxa esquerda.

Martelotte também relacionou o atacante Maikon Leite para o jogo. A presença do atleta entre os relacionados não estava definida, pois o jogador já assinou contrato por cinco temporadas com o Palmeiras, e deixará o Santos no dia 23 de junho, quando termina seu vínculo na Vila Belmiro.Maikon Leite ainda pode ser cortado do banco de reservas.

No Palmeiras, o técnico Luiz Felipe Scolari continuará sem contar com Valdivia e Marcos. "Não conto com o Valdivia para o jogo de domingo. O Marcos também não tem condição de jogar agora. Espero os dois só mais para frente", disse Felipão, que confirmou o retorno de Rivaldo, Marcos Assunção e Danilo ao time titular. Desta forma, Gabriel Silva ficará como opção no banco de reservas.

"Quando estiver bem tecnicamente, o Gabriel vai voltar. Mas, neste momento, Rivaldo está em melhores condições, sabe ocupar um espaço no lado e consegue reforçar a marcação do Palmeiras", justificou.

FICHA TÉCNICA - SANTOS X PALMEIRAS

Estádio: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/hora: 3/4/2011 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan
Auxiliares: Giulliano Neri Colisse e Fabio Rogerio Baesteiro

SANTOS: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Danilo, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Zé Eduardo (Keirrison). Técnico: Marcelo Martellote.

PALMEIRAS: Deola, Cicinho, Danilo, Thiago Heleno e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik e Lincoln; Adriano e Kleber. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

 

Leia tudo sobre: santospalmeirasfelipãocampeonato paulista 2011neymar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG