Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em dia de recorde de Forlán, Uruguai pega o México para avançar

Com dois empates na Copa América, "Celeste" quer evitar vexame contra a equipe mexicana sub 22

Gazeta |

Esta terça-feira será histórica para o atacante Diego Forlán , que fará seu 79º jogo pela seleção uruguaia, igualando o recorde de Rodolfo Rodríguez, ex-goleiro do Santos . Para bater a marca, o jogador terá que evitar um dia que entrará para a história de forma negativa. Às 21h45 (horário de Brasília), o time tem a obrigação de vencer o México para não ter que torcer por outros resultados contra uma eliminação logo na primeira fase da Copa América . Mais cedo, às 19h15, Peru e Chile jogam pela liderança .

Semifinalista da última Copa do Mundo, a "Celeste" sempre rejeitou o rótulo de favorito ao título continental, e acabou comprovando isso em campo ao não passar de empates contra Peru e Chile , que lideram o grupo C com quatro pontos. Donos de dois, os uruguaios tem a vitória sobre um México sem alguns de seus principais jogadores quase como obrigação.

O técnico Oscar Tabárez, entretanto, dá uma das primeiras declarações otimistas desde a preparação para o torneio e confia na conquista dos três pontos nesta terça-feira, em La Plata. Com eles, sua equipe garante o segundo lugar da chave, com chance até de ficar na liderança no saldo de gols caso Peru e Chile empatem, e evita ter que fazer para passar como um dos dois melhores terceiros colocados.

EFE
Giovani ainda acredita em reação do México
"Não estamos pressionados, pois dependemos das nossas próprias forças para garantirmos a classificação. Empatamos dois jogos que foram muito complicados, mas sabemos que temos condições de ganhar nesta última rodada. Estou seguro de que vamos conseguir o resultado que necessitamos", disse o técnico do Uruguai.

EFE
Giovani ainda acredita em reação do México
A afirmação ocorre mesmo com um importante desfalque na equipe de Tabárez. Cavani se machucou , e o técnico cogita até mudar o esquema tático, deixando Forlán e Suarez no ataque e colocando o meia Cristián Rodríguez . Outra opção é a troca simples pelo atacante Abel Hernández . "Tenho claro como o México joga e vou colocar a equipe que considerar que pode gerar mais problemas a eles", disse Tabárez.

Já o México tem remotas possibilidades de classificação. Única seleção que ainda não somou pontos na competição, o time precisa de uma goleada para ter alguma possibilidade de se classificar como um dos dois melhores terceiros colocados. Mas a própria equipe já se conforma em sair da Argentina sem a vaga nas quartas de final.

"Todos sabem que viemos com a seleção sub 22 para jogar contra equipes de alto nível com todos os seus astros", defende Giovani dos Santos , um dos poucos destaques da seleção campeã da Copa Ouro, da Concacaf (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe), no final do mês passado que se manteve entre os convocados para a Copa América.

"Se viéssemos com a seleção principal, poderiam falar em fracasso. Mas não tem como fazer nenhuma comparação desta seleção com a outra. A equipe tento dar seu máximo, passamos por momentos difíceis. Mas vamos tentar nos superar", prometeu o meia-atacante, única esperança de um milagre mexicano em La Plata.

FICHA TÉCNICA - URUGUAI X MÉXICO

Local: Estádio Ciudad de la Plata, em La Plata (Argentina)
Data: 12 de julho de 2011, terça-feira
Horário: 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Raul Orosco (BOL)
Assistentes: Efraín Castro (BOL) e Luis Alvarado (EQU)

URUGUAI: Muslera; Maximiliano Pereira, Lugano, Coates e Álvaro Pereira; Diego Pérez, Arévalo Rios, Álvaro González e Cristián Rodríguez (Abel Hernández); Forlán e Suárez Técnico: Oscar Tabárez

MÉXICO: Luis Michel; Aguilar, Néstor Araujo, Héctor López e Mier; Darvin Chávez, Javier Aquino, Reyes e Jorge Enríquez García; Giovani dos Santos e Lugo Técnico: Luis Tena

Leia tudo sobre: Copa América 2011Futebol MundialUruguaiMéxicoForlán

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG