Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em dia de bronca, Adriano acerta 50% de chutes e é o último a sair

Pressionado por torcida e diretoria, "Imperador" calibra o pé sob olhar atento de Tite

Bruno Winckler, iG São Paulo |

AE
Adriano treinou finalização e foi bem
Sem atrasos ou desculpas, Adriano participou das atividades desta tarde do Corinthians pressionado a não repetir seus mais recentes atos de indisciplina e foi o último a deixar o campo após duas horas de treinos. Com os demais jogadores do elenco, o "Imperador" participou de um trabalho técnico e depois de cerca de uma hora, e com um gol marcado, iniciou um treino específico de finalização ao lado de alguns companheiros.

Leia também: Corinthians se reúne com Adriano para dar ultimato contra indisciplina

Sob os olhares de Tite, Adriano tentou 24 chutes de fora ou da entrada da área e acertou 12 deles. Nos rebotes, mandou três de sete chutes para as redes dos goleiros do time que se revezaram na meta. Adriano teve o melhor aproveitamento entre os oito atletas que participaram do treino de finalização. Estiveram ao seu lado Nenê Bonilha, Welder, Edenílson, Vitor Junior, Gilsinho, Ralf e Bill.

E mais: Sem paciência, corintianos hostilizam Adriano antes de amistoso

Ao final do treino, Adriano conversou com o preparador físico Fábio Mahseredjian sentado no banco ao lado do gramado. Tite, que só deixou o campo depois do último chute do atacante, passou por ele sem lhe dirigir a palavra. Depois do treino, Adriano se reuniu com o presidente em exercício, Roberto de Andrade e com o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves.

A diretoria quer dar um ultimato a Adriano depois de ele ter faltado ao treino da última terça-feira e por isso ter ficado fora do amistoso contra a Portuguesa, na quarta.

Leia tudo sobre: corinthiansadriano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG