Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em crise, São Paulo defende tabu contra o embalado Cruzeiro

Mesmo sem técnico, time paulista quer manter a escrita dos últimos anos. Já são 13 jogos sem perder do rival mineiro no Brasileiro

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

O Morumbi recebe no começo da noite deste sábado, às 18h30 (de Brasília), o duelo entre duas equipes que vivem momentos opostos dentro do Brasileirão . A crise instalada no São Paulo após três derrotas consecutivas fez uma vítima: Paulo César Carpegiani. Por isso, o time paulista terá o interino Milton Cruz no banco de reservas na partida contra o Cruzeiro , que desde a chegada de Joel Santana, não sabe o que é perder pontos.

Vipcomm
Milton Cruz, técnico interino do São Paulo
Siga o iG São Paulo e o iG Cruzeiro no Twitter

Mesmo com a péssima fase que vive atualmente, o histórico recente é amplamente favorável aos anfitriões. A última vitória cruzeirense diante dos paulistas aconteceu no Campeonato Brasileiro de 2004. Na ocasião, triunfo por 2 a 1 do time azul, no estádio do Mineirão. De lá para cá, 13 partidas foram disputadas entre as equipes, com oito vitórias são-paulinas e cinco empates.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e convide os amigos

Para o confronto, o São Paulo não terá Carlinhos Paraíba , suspenso, mas conta com o retorno de Casemiro , liberado pela seleção sub 20 para disputar dois jogos pelo torneio nacional. Já o zagueiro Xandão , que sentiu dores na coxa durante o treinamento desta sexta-feira, pode ficar de fora. Se for confirmada sua ausência, o jovem Luiz Eduardo formará a dupla de zaga com Rhodolfo .

A grande novidade pode ficar por conta da presença de Rivaldo entre os titulares . Milton Cruz admitiu que o camisa 10 pode começar jogando, mas que só vai definir momentos antes do jogo. "Vou manter a base do que vinha sendo feito. Talvez uma ou duas peças possam mudar. Estou pensando (em colocar Rivaldo desde o início). Fiz duas, três mudanças. Pode ser. Não vou descartar não", avaliou.

Para afastar a crise, o São Paulo precisa balançar a rede do adversário, coisa que não aconteceu nos três últimos jogos. O jejum de gols incomoda até o capitão Rogério Ceni , que espera que a má fase ofensiva termine já neste sábado. "Temos de melhorar e vencer o Cruzeiro. Já são três jogos sem ganhar, criando pouco e sem marcar gols. Isso não é para um time como o São Paulo", comentou o camisa 1.

Vipcomm
Joel Santana, treinador do Cruzeiro
Pelos lados do Cruzeiro, o momento é de total confiança. Depois de um começo ruim de campeonato, onde sobrou para o técnico Cuca, demitido, a equipe reencontrou seu bom futebol com a chegada de Joel Santana . Desde que assumiu, o time mineiro venceu três partidas consecutivas e vislumbra as primeiras colocações da tabela.

A chegada do novo treinador fez com que o meia argentino Montillo voltasse a ser protagonista da equipe. Com seis gols no Brasileirão - sendo cinco deles nas últimas três rodadas -, o camisa 10 celeste pregou respeito ao rival. "O São Paulo é um time grande. Perdeu três partidas seguidas, mas os jogadores são os mesmos das rodadas anteriores, apesar de alguns terem ido para a seleção. Não temos que pensar no que vai fazer o São Paulo, mas sim naquilo que temos que fazer para vencer", comentou.

Joel Santana terá apenas dois desfalques na equipe considerada titular. O lateral esquerdo Diego Renan sofreu um estiramento muscular na coxa direita e fica de fora do duelo, assim como o veterano Gilberto , ainda aprimorando a forma física. No setor, o treinador do Cruzeiro deve improvisar o volante Everton .

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X CRUZEIRO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 9 de julho de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (Fifa-RJ) e Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Jean, Rhodolfo, Xandão (Luiz Eduardo) e Juan; Rodrigo Souto, Wellington, Casemiro e Marlos (Rivaldo); Fernandinho e Dagoberto. Técnico: Milton Cruz

CRUZEIRO: Fábio; Vitor, Naldo, Gil e Everton; Marquinhos Paraná, Leandro Guerreiro, Fabrício e Montillo; Thiago Ribeiro e Wallyson. Técnico: Joel Santana

Leia tudo sobre: São PauloBrasileirão 2011Cruzeiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG