Auxiliar permanente tinha contrato até o fim de 2012, mas preferiu seguir a carreira de treinador

Após duas semanas de descanso, Enderson Moreira retornou às Laranjeiras, mas sequer trocou de roupa. Contratado como uma espécie de auxiliar técnico permanente após a saída de Muricy Ramalho , o treinador interino do Fluminense por quase três meses se reuniu com o presidente Peter Siemsen, quarta-feira, e acertou sua saída do clube em comum acordo.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Enderson Moreira tinha contrato com o clube até o fim de 2012, mas preferiu deixar às Laranjeiras e seguir na carreira de treinador. Em pouco mais de 70 dias de trabalho, ele comandou o atual campeão brasileiro em 13 partidas, com oito vitórias, dois empates, três derrotas e um aproveitamento de quase 67%.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.