Jogadores já estão de volta a seus clubes depois de derrotarem rivais por 2 a 0 e conquistarem o Superclássico das Américas

Na chegada a Belém, os jogadores da seleção brasileira foram recebidos com festa e torcedores vascaínos ávidos por fotos e autógrafos de Diego Souza . A empolgação seguiu a equipe nos treinos na capital do Pará e na partida da noite de quarta-feira.

VEJA TAMBÉM: Lucas já deixa rivais para trás na estreia como titular

Diante da torcida, o Brasil venceu a Argentina por 2 a 0 , levou o título do Superclássico das Américas e, pouco depois, se despediu de Belém. E a volta para casa, na madrugada desta quinta-feira, foi em clima de calmaria e dever cumprido.

Parte da seleção desembarcou no aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos. O meia Lucas e o atacante Neymar pararam para algumas fotos e entrevistas ainda no saguão. Borges e Rhodolfo também estavam com o grupo. Os jogadores exaltaram a partida e a vitória sobre o maior rival do Brasil.

"Estou muito feliz. É maravilhoso voltar a fazer gol e vencer um clássico como esse. Sinto um sabor diferente com a vitória contra a Argentina nesse torneio", comentou Neymar, o primeiro a aparecer no saguão do aeroporto.

"Espero que seja o começo de uma história bonita na seleção brasileira. O jogo teve um gosto especial. Comecei como titular, marquei um gol e conseguimos uma vitória sobre a Argentina", declarou o são-paulino Lucas no desembarque, que se destacou no Superclássico .

Veja como foi o desembarque em São Paulo:

Na chegada dos jogadores ao Rio de Janeiro, o clima era um pouco mais movimentado. Ronaldinho Gaúcho e Fred pararam para algumas fotos e entrevistas no desembarque. Bruno Cortês , muito elogiado na partida, também foi um dos destaques no aeroporto Tom Jobim.

"Ainda não caiu a ficha. Só vai cair quando eu chegar em casa e assistir ao 'tape' do jogo. Foi um momento muito legal, e o carinho da torcida me marcou", disse o lateral do Botafogo à imprensa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.