Times fazem o clássico de Goiás na Série B do Brasileirão na tarde deste sábado

Goiás e Vila Nova , dois times de grande tradição e grande torcida, que convivem na cidade de Goiânia, se enfrentam neste sábado, às 16h20 (de Brasília), no Estádio Serra Dourada, em partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Na partida entre os dois pelo Campeonato Goiano, em maio, incidentes lamentáveis roubaram a cena, mas a expectativa para o Brasileirão, é de que os torcedores e atletas deixem de lado as diferenças e se resolvam dentro das quatro linhas, com a bola nos pés.

Se em clássicos não há favoritos, o deste sábado muito menos, já que o Goiás confirmou sua reação no campeonato com quatro vitórias seguidas e o Vila Nova ainda busca melhorar sua condição na tabela.

Depois dessas quatro vitórias, o Goiás trouxe novamente o torcedor para o seu lado, tanto que cerca de 70 pessoas compareceram ao CT Edmo Pinheiro para apoiar o grupo que se preparava para a partida.

O técnico Márcio Goiano, um dos responsáveis pela reação da equipe, comandou treinos táticos simulando situações de jogo comuns no Vila Nova, como estratégia para derrotar o oponente.

Marcinho Guerreiro gostou da postura adotada durante a semana: "O treinador trabalhou isso bem, com as características da equipe adversária. Participei de vários clássicos na minha carreira e não vou aliviar. A gente sabe que a vontade deles é grande, mas não pode ser maior que a nossa", garantiu o volante.

Com os retornos dos laterais Douglas e Marcão e do atacante Guto, que não atuaram na vitória sobre o Duque de Caxias, por 3 a 2, na última sexta-feira, Goiano não deverá fazer mais alterações e manda a campo a mesma escalação.

Ao contrário de Márcio Goiano, o técnico do Vila, Hélio dos Anjos, adotou muito mistério durante a semana, mudando locais de treinamento e fechando algumas atividades.

Isso porque a equipe vinha de uma seqüência de três partidas sem vencer até encarar o Boa, na última sexta-feira, e sair com os três pontos, que garantiram ao Vila Nova um lugar intermediário na tabela. Uma vitória pode fazer o clube igualar o Goiás em número de pontos.

O zagueiro Augusto, que já vestiu a camisa do Esmeraldino, mas disputa o clássico pela primeira vez, garante a emoção: "Semana de clássico é sempre mais agitada, é um jogo diferente. É uma semana que está bastante tensa. Clássico é um jogo a parte, uma vitória pode nos dar uma grande motivação para crescer na competição", afirmou, confiante.

Outro que está confiante para o embate é Hélio, que além de não ter nenhum problema de suspensão, poderá utilizar o meio-campista David, recuperado de contusão, e o atacante Bérgson, regularizado, que já estão à disposição.

As dúvidas não devem criar dor de cabeça ao treinador, já que Luizinho, ainda se recuperando, deve ser substituído por Victor Ferraz, enquanto a formação com três zagueiros pode estar de volta, deixando Ricardinho fora do time titular.

O Goiás reagiu e já sonha com o G-4 do Brasileirão e, ao mesmo tempo, o Vila Nova busca se reerguer para voltar a sonhar. A sorte está lançada.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X VILA NOVA

Local : Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data : 6 de agosto de 2011, sábado
Horário : 16h20 (de Brasília)
Árbitro : Leandro Pereira Vuaden (FIFA-RS)
Assistentes : Erich Bartolomeu Bandeira (FIFA-PE) e Jossemmar José Diniz Moutinho (PE)

GOIÁS : Harlei; Douglas, Rafael Toloi, Ernando e Marcão; Marcinho Guerreiro, Alan Bahia, Carlos Alberto e Diniz; Iarley e Guto
Técnico : Márcio Goiano

VILA NOVA : Michel Alves; Henrique (Adílson), Augusto e Éder Lima; Victor Ferraz, Jairo, Paulo César, Luiz Fernando e Jorge Henrique; Roni e Betinho
Técnico : Hélio dos Anjos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.