Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em clássico emocionante, São Paulo vence Santos no Morumbi

Com um jogador a menos, equipe conseguiu marcar no final e vencer a partida por 3 a 2

iG São Paulo |

Emoção, falhas e muitos gols marcaram a vitória são-paulina no clássico deste domingo contra o Santos . O gol da vitória de 3 a 2, no Morumbi, foi marcado aos 41 minutos do segundo tempo por Lucas . Com o resultado, o time assume a vice-liderança do Campeonato Paulista , atrás do Palmeiras e empatado em número de pontos com o Corinthians.

Deixe seu recado e comente esta matéria com outros torcedores


Melhor desde o início do jogo, o São Paulo conseguiu anular Neymar pelo menos no primeiro tempo. Na segundo etapa, o santista conseguiu marcar o segundo gol do empate santista e viu seu marcador, o zagueiro Rodrigo Caio, ser expulso após fazer falta no astro.

Mesmo com um jogador a menos, o São Paulo dominou a partida na maioria do tempo. Casemiro, Luis Fabiano e Lucas fizeram os gols da vitória.

VEJA TAMBÉM: A tabela e a classificação do Campeonato Paulista

O clube do Morumbi volta a jogar pelo Campeonato Paulista no próximo domingo contra o Mirassol. Já o Santos enfrenta o Bragantino no mesmo dia.

O jogo
O São Paulo começou o clássico melhor que o rival. Com forte marcação no meio-campo, conseguiu anular o Santos. A bola não chegava em Neymar, que pouco conseguia fazer.

Com velocidade e bom toque de bola, o time do Morumbi criava jogadas e ameaçava os santistas. Aos 9 minutos, conseguiu abrir o placar com Casemiro. O volante chutou de fora da área. A bola bateu em Edu Dracena e enganou o goleiro Rafael.

Com a vantagem o São Paulo seguiu atacando. O time do técnico Emerson Leão conseguiu brecar os avanços santistas já no meio de campo. A bola quase não chegava a Neymar, que precisava recuar para participar da partida.

Foi assim aos 26 minutos, quando o atacante santista dominou a bola e sofreu falta de Rodrigo Caio. O zagueiro são-paulino levou cartão amarelo por ter puxado a camisa de Neymar.

Logo depois houve a primeira chance de gol do Santos na partida. Aos 30 minutos, após cobrança de falta de Ganso, Borges chutou de primeira. A bola foi no canto esquerdo de Denis, que conseguiu fazer a defesa. Foi o melhor que conseguiu o Santos no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o time da Vila Belmiro começou melhor a partida. Após ver o São Paulo dominar o primeiro tempo, com pelo menos 10 chances de gol criadas, os santistas conseguiram atacar e ter mais posse de bola.

Aos 6 minutos, o Santos chegou ao empate, após cobrança de escanteio. Elano tocou na área e Denis falhou. A bola sobrou para Edu Dracena marcar o gol.

Dois minutos depois, os santistas tiveram outra boa notícia. Rodrigo Caio que conseguia, até então, anular Neymar foi expulso. O zagueiro levou o segundo cartão amarelo justamente após fazer uma falta no astro santista.

Mesmo com um jogador a menos em campo, o São Paulo conseguia ameaçar os santistas. Em uma jogada de contra-ataque, Luis Fabiano entrou na área em velocidade e foi derrubado por Denis. O juiz marcou pênalti, que foi convertido pelo atacante são-paulino.

Perdendo, mas com um jogador a mais, o Santos conseguiu reagir, com gol de Neymar. Após passe de Alan Kardec, o atacante driblou o goleiro e tocou para o gol.

O São Paulo não se acomodou com o empate e continuou buscando o gol. Faltando quatro minutos para o termino do tempo regulamentar, Lucas invadiu a área, tocou para Cortez. O lateral chutou cruzado e a bola bateu no travessão. No rebote, Lucas marcou e acabou com o jogo.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 3 x 2 SANTOS

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data:18/3/2012
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Alberto Poletto Masseira (SP) e Alex Alexandrino (SP)
Cartões Amarelos: Cícero; Adriano, Ibson, Durval, Rafael, Paulo Henrique e Felipe Anderson
Cartão Vermelho: Rodrigo Caio
GOLS: Casemiro, Edu Dracena, Luis Fabiano, Neymar, e Lucas

SÃO PAULO: Denis; Rodrigo Caio, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denílson, Casemiro, Cícero e Jadson (Piris) ; Lucas e Luis Fabiano (Edson Silva). Técnico: Emerson Leão.

SANTOS: Rafael; Fucile, Edu Dracena, Durval e Paulo Henrique (Alan Kardec); Adriano (Felipe Anderson), Arouca, Ibson (Elano, intervalo) e Ganso; Neymar e Borges. Técnico: Muricy Ramalho.
 

 

Leia tudo sobre: São PauloNeymarLucasSantosCampeonato Paulista 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG