Time pernambucano completou três jogos sem vencer e por isso continua distante do G-4 da Série B

O Duque de Caxias continua sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na noite desta terça-feira no Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé, o time da Baixada Fluminense não conseguiu superar a retranca do Náutico e acabou empatando sem gols.

O resultado manteve o Duque de Caxias na lanterna da competição com apenas três pontos ganhos, enquanto o time pernambucano, que não vence há três jogos, está na 11ª posição com dez pontos ganhos.

O placar foi um castigo para o Duque de Caxias que dominou a maior parte do jogo mas esbarrou na boa atuação do goleiro Glédson. Já o Náutico entrou em campo com a intenção de não perder e conseguiu o seu objetivo.

Na próxima rodada, o Duque de Caxias enfrentará o Paraná em Curitiba. Já o Náutico receberá o Guarani nos Aflitos.

O jogo
Diante de um público reduzido, o Duque de Caxias começou a partida no ataque e quase marca no primeiro minuto em chute de Somália que passou muito perto da trave pernambucana. O time da Baixada Fluminense continuou pressionando em busca do gol enquanto o Náutico procurava apenas se defender.

O Duque de Caxias teve outra grande chance aos 17 minutos quando Somália deu passe preciso para Everton Silva que chutou para fora quando estava diante do goleiro Glédson. O Duque de Caxias continuou mandando na partida e desperdiçou nova chance aos 35 minutos, em chute violento de Erick Flores que foi bem defendido por Glédson, destaque do Náutico na partida.

A pressão do Duque de Caxias foi sendo reduzida mas o time pernambucano não abandonou sua postura defensiva, mas preocupado em segurar o adversário até o final do primeiro tempo.

O segundo tempo começou em ritmo lento mas com predomínio do Duque de Caxias. Aos sete minutos, Tony mandou uma bomba que Glédson espalmou por cima do travessão. Só aos dez minutos é que a equipe pernambucana criou sua primeira situação de gol quando Elicarlos lançou Rogério que penetrou e chutou forte mas Tiago espalmou para escanteio.

A resposta do Caxias veio aos 15 minutos em conclusão de Somália que estava livre na área, mas chutou nas mãos do goleiro do Náutico. A equipe do Rio de Janeiro continuava melhor, mas seguia desperdiçando chances e aos 25 minutos foi a vez de André Luiz chutar por cima depois de receber bom passe na grande área.

Aos 30 minutos, o Duque de Caxias chegou a colocar a bolas nas redes com Paulo Rodrigues mas o árbitro marcou irregularidade no lance e anulou o gol. Aos 34 minutos novamente André Luiz teve a chance de abrir o marcador, mas Glédson fez outra boa defesa na última chance criada pelo Duque de Caxias na partida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.