Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em carta, Loco Abreu diz que foi mal interpretado por declaração

Atacante do Botafogo também disse que "não tem uma conversa muito fluente" com o técnico Joel Santana

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Em entrevista coletiva na última sexta-feira, o técnico Joel Santana, do Botafogo, afirmou que a polêmica envolvendo a declarações do atacante uruguaio Loco Abreu, após a partida contra o Duque de Caxias, estava encerrada. O treinador não gostou da maneira como o jogador analisou a partida de estreia do clube no Campeonato Carioca, quando o Botafogo venceu de virada por 2 a 1.

Na madrugada desta segunda-feira, Loco Abreu se pronunciou sobre o caso em uma carta aberta (clique aqui para ler o texto completo) publicada em seu site pessoal. O uruguaio disse ter sido mal interpretado e revelou que se incluía na análise sobre o futebol apresentado pela equipe na partida.

"Não estou aqui para tirar o foco de uma situação que ocorreu, mas quero deixar claro que só ocorreu por conta de um deslize e de uma interpretação errada do que eu disse, e por consequência, passado por um jornalista ao treinador na conferência de imprensa. Em momento algum houve critica, e essa palavra é sempre usada. Houve uma cobrança ao time, a mim mesmo, a todos nós", declarou Loco Abreu na carta aos torcedores.

Apesar de destacar que a análise do jogo não continha uma critica direcionada ao treinador, Loco Abreu admitiu que não tem uma relação de proximidade com o técnico Joel Santana. "Não estou aqui para esconder que eu e Joel não temos uma conversa muito fluente, mas temos muito respeito um pelo outro e eu admiro seu trabalho", escreveu Abreu.

No fim, em tom de desabafo, o uruguaio afirmou que se sente feliz no clube de General Severiano, mas que coloca o cargo à disposição do clube se na visão da diretoria, estiver atrapalhando. "Quero muito permanecer. Me sinto bem no Botafogo e aqui fui bem acolhido. Quero vencer, mas se minha personalidade e forma de pensar estiverem incomodando, prefiro mudar de ares, mais uma vez reafirmando respeito e gratidão pela direção, companheiros, comissão técnica, funcionários e torcida botafoguense", finalizou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG