Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em campo amador, Brasil treina com Renato Augusto de titular

Equipe usou um centro esportivo municipal nos arredores de Paris. Meia do Bayer Leverkusen esteve no time principal

Paulo Passos, enviado iG a Paris |

AFP
Mano Menezes passa instruções para Lucas, que treinou como titular nesta segunda-feira
O meia Renato Augusto pode ser a grande novidade do time do Brasil para o amistoso contra a seleção francesa na próxima quarta-feira. O jogador do Bayer Leverkusen, convocado pela primeira vez para a seleção brasileira, esteve no time titular no treino da equipe na França, na tarde desta segunda-feira.

A primeira atividade da equipe de Mano Menezes aconteceu em um centro municipal de esportes na cidade de Courbevoir, próxima a Paris. O local é utilizado por escolas e equipes amadoras do município.

O campo esburacado e a falta de iluminação chamaram atenção até mesmo da comissão técnica da seleção brasileira. O local do treinamento foi indicado pela Federação Francesa de Futebol. Os buracos no gramado viraram piada entre os integrantes da comissão técnica da seleção. Perguntado por um dos fotógrafos que acompanhavam o treinamento se o campo era pior do que os do interior do Brasil, um membro da equipe brincou: "Só é mais chique".

Novidade no treino, Renato Augusto admitiu que ficou assustado com os buracos no gramado. “Está bem ruim, sim. A gente procurava até segurar um pouquinho o jogo, mas o importante é que não aconteceu nada”, disse o meia se referindo a possíveis lesões. Nesta terça-feira, um dia antes do jogo, o Brasil treinará no Stade de France, local da partida.

Com Ramires fora da equipe, devido a uma lesão, Mano Menezes armou o time reserva sem goleiro. Gomes atuou na linha e o técnico improvisou três pequenos gols no campo, que foi reduzido para dois terços do gramado.

O time titular foi formado por Júlio César; Daniel Alves, David Luiz, Thiago Silva, André Santos; Lucas, Elias, Hernanes e Renato Augusto; Robinho e Alexandre Pato.

Aplauso e provocações
Na chegada ao Centre Omnisports, em Courbevoir, os jogadores brasileiro foram ovacionados por um grupo de cerca de 200 jovens. A maioria deles enfrentou o frio e acompanhou o treino da seleção. Robinho foi o nome mais lembrado pelos fãs.

Apesar da recepção calorosa, houve também provocação. Enquanto os jogadores faziam aquecimento, um grupo começou a gritar o apelido de Zinedine Zidane, autor de dois gols na final da Copa de 1998 contra o Brasil. “Zizou,Zizou, Zizou”, diziam os franceses.

O Brasil enfrenta a França na próxima quarta-feira no Stade de France, em Saint Denis. Será o primeiro jogo da equipe de Mano Menezes em 2011.

Leia tudo sobre: Seleção brasileiraRenato Augusto

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG