Equipe quer assumir a liderança para ter vantagem de jogar no Pacaembu no mata-mata

Faltam três rodadas para o fim da primeira fase do Campeonato Paulista e o Corinthians já está classificado para as quartas de final, mas o técnico Tite não permite que seus comandados relaxem. Assumir a liderança para ter vantagem de decidir os confrontos eliminatórios em casa ainda é uma meta a ser cumprida, e vencer o Oeste, às 16 horas (de Brasília) deste domingo, em Presidente Prudente, será fundamental para as pretensões alvinegras.

E MAIS: No Paraguai, torcida do Corinthians será maioria na Libertadores

Mesmo em má fase, Liedson vai ocupar o setor ofensivo do Corinthians em Itápolis
Gazeta Press
Mesmo em má fase, Liedson vai ocupar o setor ofensivo do Corinthians em Itápolis
"Eu sempre disse que o objetivo era manter aproveitamento para ocupar uma das quatro primeiras posições no Paulista e estar bem na Libertadores, mobilizando o grupo todo. Estamos atingindo esses objetivos, bem, mas com uma margem de melhora. Dá para ser mais efetivo, também para traduzir em gol a oportunidade que cria, para não ficar pilhado no fim, e terminar na frente", disse o chefe.

Veja como está a classificação do Paulista

Depois de vencer o XV de Piracicaba com uma equipe predominantemente reserva no meio da semana, o Timão terá força máxima. As baixas ficam por conta do lateral direito Alessandro, do meia Alex e do atacante Jorge Henrique, todos com problemas musculares. O centroavante Elton, que seria reserva, fica fora por estar suspenso.

Tite já confirmou que o volante Edenílson será improvisado como lateral direito mais uma vez e que Emerson vai atuar ao lado de Liedson no ataque. Douglas, que ainda não convenceu em seu retorno ao Corinthians,  ganhou a última vaga disponível na formação .

O Oeste também terá mudanças. O meia Roger, que passou pelo Santos e só chamou atenção por ter certa semelhança física com Neymar, está suspenso e deve dar lugar ao volante Esdras. Já o atacante Mazinho, com problema muscular, será substituído pelo também volante Dionísio.

Os rubro-negros atravessam boa fase, mas têm poucas pretensões na competição. Apesar de estar invicto há quatro partidas (um empate e três triunfos consecutivos), o time tem sete pontos a menos que o oitavo colocado Bragantino, com apenas nove em disputa.

LEIA TAMBÉM: Douglas ganha mais uma oportunidade como titular do Corinthians

As chances remotas de classificação não impedem que o técnico Roberto Cavalo acredite na possibilidade de surpreender o Timão, mas haverá um aliado a menos: o Estádio dos Amaros, casa do Oeste. A partida será no Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente, graças a um acordo da diretoria com uma empresa de promoção de eventos.

Teoricamente, jogar longe da arena rival facilitaria a vida do Corinthians, mas o zagueiro Leandro Castán não acha que será assim na prática. "Não gosto muito (de Presidente Prudente). É bem quente lá, espero que agora esteja um pouquinho mais frio. É difícil, complicado, um campo grande, pesado, em uma cidade longe. Mas temos que respeitar, o mando é deles. Temos que buscar um grande resultado de qualquer jeito", opinou.

FICHA TÉCNICA
OESTE X CORINTHIANS

Local: Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Data: 1º de abril de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Arbitragem: Aurélio Santanna Martins
Assistentes: Reinaldo Rodrigues dos Santos e Claudson Lincoln Beggiato
Assistentes Adicionais: Leandro Bizzio Marinho e Carlos Roberto dos Santos Jr

OESTE: Zé Carlos; Fabricio, Éder Lima e Adriano; Neno, Esdras, Dionísio, Paulo Vítor, Vanderson e Fernandinho; Marcinho Beija-Flor
Técnico: Roberto Cavalo

CORINTHIANS: Julio Cesar; Edenílson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Douglas; Emerson e Liedson
Técnico: Tite

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.