Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em breve, Bolívar trocará profissão de zagueiro por treinador

Falcão revelou desejo do capitão do Internacional e gostou do que viu: "Ele deu a exata leitura do jogo"

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

A revelação foi feita por Paulo Roberto Falcão. O zagueiro Bolívar, capitão do Internacional, pretende ser treinador de futebol.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

O assunto foi tema da palestra antes do jogo contra o Atlético-PR. Falcão sabia que encontraria um adversário fechado. Perguntou aos jogadores qual a melhor estratégia para superar a retranca. Gostou do que ouviu de Bolívar – futuro "professor Bolívar", que é como os jogadores se referem aos técnicos.

“Enfrentamos o último colocado e nos criou muita dificuldade. Não tem mais jogo simples. Perguntei antes do jogo quem gostaria de ser treinador. O Bolívar logo respondeu que sim e deu a exata leitura do jogo. Eu queria que eles se conscientizassem que não poderíamos dar o contra ataque”, revelou Falcão.

Bolívar é referência no Beira-Rio por sua influência dentro do grupo de jogadores. Ele é uma das lideranças do vestiário. Por seu poder de comando foi apelidado de “General Bolívar”.

Ainda é cedo para falar em aposentadoria. Ele está com 30 anos. O contrato com o Inter vai até dezembro de 2013. Mas já fica a indicação de qual rumo ele pretende seguir após abandonar a carreira de jogador.

Leia tudo sobre: InternacionalBolívarFalcãoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG