No segundo jogo do ano, técnico preserva Ronaldo. Tendência é que outros descansem para jogos contra o Tolima

A proximidade do confronto decisivo do Corinthians contra o Tolima pela fase pré-grupos da Libertadores fará com o que o time paulista inicie logo no seu segundo jogo do ano um rodízio velado de seus principais jogadores.

Tite evita falar em rodízio, mas admite que pode preservar atletas
AE
Tite evita falar em rodízio, mas admite que pode preservar atletas
Contra o Bragantino, nesta quarta-feira, às 22 horas, fora de casa, o Corinthians não terá Ronaldo, preservado pela comissão técnica. Tite já avisou que na quinta-feira, após o jogo de Bragança Paulista, definirá a programação para o jogo contra o Noroeste no próximo domingo, último compromisso antes do jogo de ida contra o Tolima, dia 26, no Pacaembu. E não está descartada nenhuma outra alteração no time.

“Quinta-feira”, resumiu Tite, quando perguntado se preservaria algum jogador para os jogos da Libertadores. “Corinthians”, foi outra resposta do treinador a uma pergunta sobre os jogadores que poderia preservar para os duelos contra o time colombiano dias 26 de janeiro e 2 de fevereiro. “Todos os jogadores do Corinthians têm a responsabilidade. Não é questão de poupar. Não importa o nome que vai jogar”, disse o treinador.

Com Ronaldo como baixa certa do Corinthians para o jogo desta quarta-feira, Tite tenta encontrar sem o atacante uma forma de atuar alternativa já que reconhece que terá de lidar semanalmente com as dúvidas sobre a utilização ou não do seu principal centroavante.

“Temos uma análise clínica e física do Ronaldo e na medida que ele fez o primeiro jogo a gente decidiu priorizar a parte física e dar a ele os treinos na semana, mas sobre o outro jogo (contra o Noroeste) depois eu converso. A gente vai avaliando dia a dia, jogo a jogo”.

Jorge Henrique e Dentinho formarão a dupla de ataque contra o Bragantino. Edno, que treinou no lugar de Ronaldo durante a pré-temporada e que ficará no banco de reservas, será a opção de Tite caso durante a partida os dois titulares não consigam desempenhar bem suas funções.

“Ter dois jogadores mais leves é uma alternativa. Vamos com Jorge e Dentinho, mas temos o Edno como opção. Ele é meia atacante mas já treinou ali como homem de referência e pode ser uma outra alternativa”, disse Tite. Paulinho e Jucilei terão a liberdade de chegar ao gol adversário, como aconteceu no jogo contra a Portuguesa.

No Bragantino , o técnico Marcelo Veiga reconhece o favoritismo do Corinthians, mas não vê outra saída para sua equipe se não atacar e buscar a vitória em casa. O time de Bragança vem de derrota por 1 a 0 para o Americana em Rio Claro.

“Espero arrancar pontos do Corinthians jogando aqui em casa e recuperar os pontos perdidos contra o Americana. A responsabilidade da vitoria é do Corinthians, mas temos condições de realizar um bom jogo e conquistar um bom resultado. Cada jogo para nós é
uma decisão", disse Veiga.

A única dúvida do treinador do Bragantino está na defesa. Um dos zagueiros titulares do trio defensivo, Junior Lopes, sente dores musculares e se for vetado antes do jogo o volante Marcos Aurélio será recuado dando lugar a Edimar no meio. “Dificilmente farei alguma modificação diferente. São as opções que tenho. Não vou esconder o jogo”, disse Veiga.

FICHA TÉCNICA – BRAGANTINO x CORINTHIANS
Local:
Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 19 de janeiro de 2011
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Aurélio Santana Martins (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Reinaldo Rodrigues dos Santos (ambos de SP)

BRAGANTINO: Gilvan; Junior Lopes, Carlinhos e Everaldo; Nego, Marcos Aurélio, Luciano Sorriso, Rodriguinho e Éder; Marcelinho e Fabrício Carvalho. Técnico: Marcelo Veiga

CORINTHIANS: Júlio César; Moacir, Chicão, Leandro Castán e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Paulinho e Bruno César; Jorge Henrique e Dentinho. Técnico: Tite

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.