Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em Ba-Vi 'precoce', rivais buscam moral para o resto da temporada

Clássico vinha acontecendo na final, mas dessa vez decide a semifinal do Campeonato Baiano de 2011

Gazeta |

Em todos os anos, a expectativa no Campeonato Baiano é que a final reserve um Ba-Vi. Porém, com a má campanha do Bahia em ambas as fases de classificação, o duelo foi 'antecipado' para as semifinais do Estadual 2011. E o primeiro jogo dessa disputa é a grande atração deste domingo, às 16h (de Brasília), no estádio de Pituaçu.

Atordoado pelos 5 a 0 sofridos diante do Atlético-PR, pelo segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, o Bahia quer algo para embalar a campanha da equipe no principal objetivo do ano: a temporada de retorno à Série A do Campeonato Brasileiro.

Durante a semana, os jogadores e o técnico René Simões pediram à torcida que não se revolte contra a equipe, mesmo com o vexame em Curitiba. "Novamente, tenho que reconhecer que o sofrimento de vocês pela derrota causa a preocupação quanto ao futuro da equipe, principalmente, no Campeonato Brasileiro. Mas o Bahia grande e vencedor será garantia de sucesso para todos os envolvidos", disse o treinador, em carta à torcida.

Para o duelo, René não sabe se vai mexer na equipe. Com a lesão de Robert, a entrada do garoto Rafael é uma das possibilidades, tentando ganhar o apoio da torcida, que pede a presença do garoto há algum tempo. Lulinha é outro que pode aparecer no meio. Ávine, recuperado de lesão, pode voltar à lateral esquerda.

Do outro lado, o clima é bem mais ameno, devido à excelente campanha do Vitória na fase de classificação e, obviamente, à eliminação do rival. Para o jogo, o técnico Antonio Lopes não deve ter Gabriel Paulista, lesionado. Os titulares, no entanto, já estão confirmados, com destaque para a presença do trio Nikão, Elkeson e Geovani na frente.

Mas, ao mesmo tempo, todos sabem que uma vitória ou uma eliminação contra o grande rival pode definir boa parte do restante da temporada. Por isso, a missão é não relaxar e buscar o moral necessário para uma boa campanha na Série B.

A outra vaga
Após fazer o papel do xará e se classificar em primeiro na mesma chave que o Tricolor, o Bahia de Feira inicia a disputa de uma vaga na final diante do Serrano, também às 16h (de Brasília), no estádio Lomanto Junior, em Vitória da Conquista.

FICHA TÉCNICA
BAHIA x VITÓRIA

Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 24 de abril de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Marcelo Carvalho (SP) e Márcio Eustáquio Santiago (MG)

BAHIA: Omar; Marcos, Titi, Thiego e Ávine; Marcone, Hélder, Camacho e Mauricio (Lulinha); Rafael e Souza
Técnico: René Simões

VITÓRIA: Viáfara; Nino, Alison, Léo Fortunato e Eduardo Neto; Esdras, Uelliton e Mineiro; Nikão, Elkeson e Geovanni
Técnico: Antonio Lopes

Leia tudo sobre: bahiavitóriacampeonato baiano 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG