Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em baixa, Atlético-MG encara o Democrata

Time de Dorival Júnior vai enfrentar um antigo "freguês", mas terá que jogar em Governador Valadares

Gazeta Esportiva |

Com o sinal de alerta ligado depois das últimas apresentações pelo Mineiro e Copa do Brasil, o Atlético-MG volta a campo neste domingo, pela competição estadual. O time enfrenta o Democrata-GV às 18h30, no estádio Mamudão, em Governador Valadares. Para acabar com a série de tropeços, o Atlético aposta no retrospecto favorável frente ao Democrata.

Em 69 jogos, o Atlético venceu 47, empatou 18 e somou quatro derrotas. O time de Belo Horizonte marcou 154 gols e sofreu 49. Jogando em Governador Valadares, local do duelo deste fim de semana, os atleticanos também levam ampla vantagem: em 32 confrontos, foram 22 vitórias, oito empates e dois triunfos da Pantera.

Para o técnico Dorival Júnior, o histórico dos duelos contra o Democrata não é suficiente para colocar o Galo como favorito. Segundo ele, a equipe tem que mostrar futebol dentro de campo. Para isso, o comandante alvinegro cobrar uma mudança de postura da equipe.

"Quando a gente fala em mudança de comportamento quer dizer um comportamento mais agressivo, querer um pouco mais, brigar pela posse de bola como se briga pelo prato de comida, esta é a diferença. Estávamos numa boa condição e perdemos isso. Os motivos, são difíceis. Se eu tivesse o caminho, já teria corrigido", declarou.

Pelo lado da Pantera, que luta contra o rebaixamento no Mineiro, a equipe ocupa a penúltima colocação com apenas quatro pontos, a ideia é aproveitar o momento ruim do adversário e conquistar a vitória. Para o duelo contra o Galo, o técnico José Maria Pena conta com o retorno do atacante Ely Thadeu, que cumpriu suspensão contra o Uberaba, devido o terceiro cartão amarelo.

Outras novidades na equipe podem ser o também atacante Amilton e o volante Marcel, recuperados de contusão. Os dois atletas já iniciaram os trabalhos em campo com os demais companheiros. Como a equipe teve seu jogo da rodada anterior antecipado, o técnico José Maria Pena ganhou dez dias para montar a equipe que vai enfrentar o Galo.

O treinador faz questão de ressaltar o comprometimento dos atletas durante este período de treinamentos. "Está todo mundo consciente da nossa responsabilidade e a colaboração dos jogadores está me agradando bastante. Todo mundo se dedicando, se entregando nos treinamentos, trabalhando de forma séria e da maneira como nós queremos", destacou.

FICHA TÉCNICA
DEMOCRATA X ATLÉTICO

Local: Estádio Mamudão, em Governador Valadares
Data: 3 de abril de 2011, domingo
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Emérson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Pablo Almeida Costa e Breno Rodrigues (ambos de MG)

DEMOCRATA: Vilar; Cláudio, Lúcio, Silvio e Ernani; Rogério, Marcel, Renê e Vander; Amilton e Ely Thadeu
Técnico: José Maria Pena

ATLÉTICO: Renan Ribeiro; Rafael Cruz, Réver, Leonardo Silva e Guilherme; Toró, Serginho, Bernard e Renan Oliveira; Magno Alves e Ricardo Bueno
Técnico: Dorival Júnior

Leia tudo sobre: Atlético-MGCampeonato Mineiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG