Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em Araraquara, Palmeiras testa possível casa para jogar em 2011

Cidade do interior negocia para receber mais jogos no ano que vem; Canindé é a opção mais cotada na capital

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Sem casa enquanto a nova Arena não ficar pronta, o Palmeiras busca opções para mandar seus jogos já em 2011. Um dos mais cotados para virar casa palmeirense é o Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara, local do duelo deste domingo contra o Atlético-MG.

A prefeitura da cidade tenta fazer um acordo com o clube para que o maior número de jogos aconteça lá. Para isso, oferece transporte e hospedagem gratuitas e um custo quase zero para o aluguel do estádio. Assim, o Palmeiras só ganha dinheiro jogando lá.

O problema é o desgaste. Diretores, comissão técnica e até mesmo jogadores sabem que, apesar da distância relativamente pequena, de 270 quilômetros, as excessivas viagens podem acabar cansando o elenco. E a previsão é de que ele não seja tão grande a ponto de fazer um revezamento. Sem contar que o time precisaria viajar também quando fosse jogar fora de casa.

Em São Paulo, o alto custo do Pacaembu, de cerca de R$ 100 mil por jogo, dificulta um acerto. Por isso, a diretoria pretende mandar os jogos no estádio municipal quando tiver a expectativa de público grande. O melhor exemplo do desinteresse no "estádio corintiano" aconteceu recentemente. Punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), o time desistiu de recorrer para ter o direito de jogar na capital.

A Arena Barueri oferece um bom negócio no aspecto financeiro. O custo é uma pequena porcentagem da renda. O problema é o descontentamento da torcida da capital, mesma situação de mandar os jogos em Araraquara. A diferença é que no interior a diretoria confia sempre em casa cheia. Em Barueri, não.

Até pensando no problema da torcida, a diretoria já começou a conversar com a Portuguesa. Há uma possibilidade do Palmeiras mandar jogos no Canindé no ano que vem. Lá, o custo não é tão alto e os torcedores não teriam dificuldades no acesso. A diretoria pretende fazer visitas ao estádio para checar como está a estrutura do local. O Morumbi está completamente descartado.

Leia tudo sobre: futebolpalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG