Tamanho do texto

Time leva susto da equipe baiana em São Januário e só reage nos acréscimos. Felipe dexa o campo vaiado

null

Com um gol aos 49 minutos do segundo tempo, o Vasco arrancou um empate heroico na noite desta quinta-feira, em São Januário, contra o Bahia , pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe baiana abrira o placar aos 4 minutos, com Reinaldo , e resistiu a pressão o tempo todo. Mas, no último lance da partida, após falta cobrada da direita por Juninho Pernambucano , Elton , de cabeça, deixou tudo igual. O Vasco, com 21 pontos, se manteve na quinta posição. O time agora terá uma desgastante maratona. Pela ordem, enfrenta São Paulo, Santos e Botafogo. Já o Bahia, com 12, ocupa a 16º, e recebe o Figueirense no fim de semana.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O Vasco foi surpreendido logo aos 4 minutos. Depois de rápido contra-ataque puxado por Ávine, a bola chega em Souza, que ajeita para Reinaldo escorar para o gol e abrir a contagem: 1 a 0. A torcida, imediatamente, passou a cantar o tradicional “O Vasco é time da virada...”. Em tese, havia tempo de sobra para reagir.

Entre para a Torcida Virtual do Bahia ou do Vasco e convide seus amigos

O gol logo cedo obrigou a equipe de Ricardo Gomes a se lançar ao ataque sem receio de sofrer o segundo gol. Eder Luis teve a chance do empate depois de entrar na área e finalizar de perna esquerda, mas a bola subiu, sem perigo para o goleiro Marcelo Lomba.

Mesmo com as voltas de Juninho Pernambucano e Felipe, o time não conseguia evoluir pelo meio. As laterais eram pouco acionadas e com isso o Bahia se fechava para sair nos contra-ataques. Mas o talento individual ia fazendo a diferença. E, aos poucos, o Vasco envolvia o adversário, dando sinais que o gol seria questão de tempo.

Num lance de oportunismo, Juninho chutou no ângulo, e Lomba salvou de mão trocada. Na sequência, a bola sobrou para Diego Souza, que se livrou de marcador e tentou tocar no lado oposto do goleiro. Mas Lomba estava bem posicionado, evitando o gol de empate.

Em outra jogada individual, Felipe arrancou pela meia esquerda, livrou-se de dois zagueiros, ameaçou tocar para Alecsandro, percebeu que a zaga abriu e caminhou. O chute, porém, saiu mais uma vez por cima do travessão. Era um Vasco irreconhecível no primeiro tempo. Juninho e Diego Souza tentaram nos minutos finais e as bolas sequer passaram perto do gol.

“Pecamos pela ansiedade de tentar resolver logo no início. O professor Ricardo nos orientou que seria um jogo difícil. Agora é tentar voltar com calma para a segunda etapa para reverter o placar”, avaliou Felipe, a caminho do vestiário, no intervalo.

Alecsandro tenta vencer o goleiro Marcelo Lomba, que foi muito bem no jogo
AE
Alecsandro tenta vencer o goleiro Marcelo Lomba, que foi muito bem no jogo
Na volta para o segundo tempo, o Vasco acendeu a torcida. Dos pés de Juninho, nasciam as principais jogadas de perigo. Dedé quase marcou duas vezes: aproveitando falta e escanteio cobrados pelo meia. Ricardo Gomes mexeu. Aos 13, trocou Alecsandro por Elton, apostando nas bolas aéreas.

Márcio Careca recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalca a equipe no domingo, no Morumbi, contra o São Paulo. A opção de Gomes deve ser o recém-chegado Julinho, do Avaí.

Diego Souza, depois de uma atuação modesta, deu lugar para o xodó Bernardo. Os homens de frente realmente não ofereciam perigo. Cabia ao zagueiro Dedé se apresentar na área para finalizações. Após cruzamento de Careca, o zagueiro, de cabeça, protagonizou lance de grande perigo.

A última cartada do treinador foi a entrada do atacante Leandro no lugar de Felipe, que saiu de campo vaiado. O panorama foi o mesmo. Muita pressão do Vasco, mas o Bahia conseguia segurar o resultado. Nos acréscimos, ainda houve tempo para a expulsão de Márcio Careca. Só que, aos 49, Juninho cobrou falta e Elton de cabeça deixou tudo igual.

FICHA TÉCNICA – VASCO 1 x 1 BAHIA
Local:
Estádio São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data : 28 de julho de 2011, quinta-feira
Horário : 19h30
Árbitro: Sandro Meira Ricci
Assistentes : Roberto Braatz e César Augusto de Oliveira Vaz

GOLS:
Bahia: Reinaldo, aos 4 minutos do primeiro tempo
Vasco: Elton, aos 49 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS: Lulinha, Márcio Careca, Marcelo Lomba, Fabinho e Bernardo

VASCO : Fernando Prass; Fágner, Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca; Rômulo, Juninho Pernambucano, Felipe (Leandro) e Diego Souza (Bernardo); Alecsandro (Elton) e Eder Luis
Técnico : Ricardo Gomes

BAHIA : Marcelo Lomba; Marcos, Titi, Paulo Miranda e Ávine; Hélder (Ricardinho), Marcone, Lulinha (Gabriel) e Fabinho; Souza e Reinaldo (Jones Carioca)
Técnico : René Simões

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.