Atacante elogiou CT corintiano e disse que clube carioca precisa melhorar muito neste item

Elton já treinou com o Corinthians nesta sexta-feira
Gazeta Press
Elton já treinou com o Corinthians nesta sexta-feira
Em 2011, pelo Vasco, Elton brigou contra o Corinthians para ser campeão brasileiro. Acabou com o vice-campeonato e depois, ao fim do contrato, acertou com o clube paulista por três anos. Agora,  na chegada ao novo ambiente de trabalho , o atacante destacou as condições oferecidas pelo Corinthians, algo que sentiu falta na passagem pelo Vasco, onde foi campeão da Série B de 2009 e da Copa do Brasil de 2011.

Leia também: Calendário da Copa São Paulo atrapalha aproveitamento da base

"Não querendo desmerecer o Vasco, que é um clube grande, mas a diferença é muito grande. Aqui é ótimo para a gente, hotel, os campos... Quando eu cheguei, o impacto foi muito grande. Eles (Vasco) têm que melhorar muito", disse o corintiano, que tentará fazer sombra a Liedson e Adriano . "Isso teve um impacto muito grande na minha escolha", completou Elton, citando a estrutura.

E mais: Quarta opção no gol corintiano, Renan está a caminho do Nordeste

O Vasco não tem um centro de treinamento e se prepara no estádio de São Januário, mesmo local onde manda seus jogos. O Corinthians vivia a mesma realidade até 2010, quando treinava no estádio do Parque São Jorge, com apenas um campo de treinamento e sem a estrutura de um CT. Na quinta-feira, Vitor Júnior também disse que a a condição de trabalho foi um dos motivos para  optar pelo Corinthians e rejeitar o Palmeiras

Confira ainda: Atrasos no Cruzeiro renovam esperanças por Montillo no Corinthians

Em setembro de 2010, o Corinthians abriu seu centro de treinamentos no Parque Ecológico com quatro campos oficiais. Em dezembro do ano passado, com a inauguração do hotel do complexo, o departamento de futebol profissional deu por encerradas as obras de infraestrutura do local. "Acho que agora todos reconhecem o Corinthians não só como um grande um clube, mas também reconhecem que oferece a melhor condição de trabalho aos atletas. Sem dúvida isso pesa na decisão dos jogadores que vêm para cá", disse o diretor adjunto de futebol, Duílio Monteiro Alves.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.