Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elogios de Ricardo Gomes animam jogadores do Vasco

Em um breve discurso no vestiário, novo comandante destaca postura do time no empate com o Volta Redonda

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Os jogadores do Vasco deixaram São Januário na noite desta quinta-feira com a certeza de que, quando se reapresentarem na tarde desta sexta-feira, terão um novo comandante empolgado com o que se pode chamar de reação. Após o empate em 0 a 0 com o Volta Redonda, pela quinta rodada da Taça Guanabara, Ricardo Gomes, que acompanhou a partida de um camarote nas dependências do clube, cumprimentou o elenco no vestiário. Em um breve discurso, o treinador disse ter gostado do que viu.

“Ricardo Gomes apareceu no vestiário só para elogiar o time”, revelou Dedé. “Ele contou que gostou da aplicação, de nós, jogadores. Pintou lá só para elogiar mesmo”, completou o zagueiro.

O comentário serviu de estímulo para que o grupo se reapresente com uma motivação diferente. Além de pôr fim à série de derrotas seguidas (quatro), o Vasco teve inúmeras oportunidades de marcar, mas pecou nas finalizações. O fato de não ter perdido cria uma expectativa na equipe de, em breve, retomar o caminho das vitórias.

Ricardo Gomes vai trabalhar o ímpeto dos jogadores contra o Volta Redonda e o futebol apresentado no segundo tempo contra o Flamengo para convencer o elenco de que este é o momento da retomada da autoestima.

“Infelizmente, a bola não entrou. Nossa finalização não encaixou. Agora, com a chegada do Ricardo Gomes, vamos correr por ele, lutar e ganhar as partidas por ele”, destacou Dedé.
A reapresentação será às 16h, em São Januário. A novidade será a presença de Felipe. O meia foi reintegrado à equipe depois de se entender com o presidente Roberto Dinamite. O jogador fora afastado sob a alegação de estar sendo preservado. Mas com a chegada do novo técnico, Felipe será reincorporado.

Quanto a Carlos Alberto, ainda não há uma definição sobre o retorno do capitão. Também afastado, o apoiador precisa se retratar com Dinamite, que não gostou de ver o jogador desrespeitar a instituição no vestiário, após a derrota para o Boavista. Carlos Alberto foi afastado por indisciplina, seu caso é mais grave, por isso a demora sobre a sua reintegração.
 

Leia tudo sobre: VascoGaúchoTaça GuanarabaRicardo Gomes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG