Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elogiado por Carpegiani, Jean agradece, mas ainda espera evoluir

Volante, que vem atuando como lateral-direito, é o jogador de linha que mais partidas jogou pelo São Paulo na atual temporada

Levi Guimarães, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860484857&_c_=MiGComponente_C

Apesar do mau ano do time, que não conquistou nenhum título e também não deve conseguir uma vaga na Copa Libertadores, alguns jogadores do São Paulo terminam a temporada comemorando a boa fase pessoal. É o caso, por exemplo, do volante Jean, que se transformou em lateral-direito e ganhou status de titular absoluto ao longo de 2010.

Esta semana, o técnico Paulo César Carpegiani já elogiou o jogador duas vezes, dizendo que o camisa dois teria condições de ser titular tanto na lateral quanto no meio de campo e, por isso, ele gostaria de contar com dois Jeans. O jogador se mostrou agradecido pelos elogios, mas prometeu seguir trabalhando para evoluir mais.

Fico muito feliz por ele ter dito isso. O Muricy [Ramalho] também sempre me elogiava, o Ricardo [Gomes] também. Sempre tive bom relacionamento com todos os técnicos que passaram pelo São Paulo. Mas trabalho deixando de lado os elogios para que eu siga melhorando e isso não mude nada, afirmou Jean.

Graças à disciplina - ele só ficou fora de um jogo do Brasileirão por suspensão - e à falta de contusões, Jean é o jogador de linha que mais atuou pelo São Paulo em 2010. Ele participou de 60 jogos na temporada, perdendo apenas para o goleiro Rogério Ceni, que esteve em campo 67 vezes.

Aos 24 anos, o jogador revelado pelas categorias de base do São Paulo em 2005 já fala como um dos mais experientes do time. E com a chegada de novas revelações ao elenco profissional, já se sente à vontade até para dar dicas aos mais jovens.

Essa mescla [de jogadores experiente e novos] é boa para o São Paulo. A gurizada corre mais e quem é mais experiente se posiciona, segura a rédea dos jovens que estão chegando, a empolgação. É muito bom para o futebol, para o clube. Os mais experientes procuram segurar, conversar mais, disse o camisa dois.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG