Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elogiado por Abel Braga, Deco quase esquece que já o enfrentou

Meia comemora contratação de Abelão, seu algoz na decisão do Mundial de 2006 entre Inter e Barcelona

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

EFE
Deco fez o gol da vitória sobre o América-MEX, façanha que renovou seu ânimo nas Laranjeiras
Herói da vitória por 3 a 2 sobre o América-MEX, pela fase de grupos da Libertadores, o meia Deco voltou a ser o centro das atenções. Desta vez por um bom motivo. Elogiado pelo novo comandante, Abel Braga, que em junho se apresenta nas Laranjeiras, o meia comemorou a contratação do treinador e “quase” esqueceu que já enfrentou o futuro chefe em uma certa ocasião especial.

“Nunca trabalhamos juntos, mas o Abel é um grande treinador e eu gosto muito dele. Eu acho que nunca nos enfrentamos", disse o luso-brasileiro, se corrigindo logo em seguida. "Ou melhor... Já, sim! Foi naquela final do Mundial Interclubes pelo Barcelona contra o Internacional.”

O meia se refere à vitória por 1 a 0 do Inter sobre o Barça, em Yokohama, que garantiu ao time gaúcho o título mundial. Deco era na ocasião um dos destaques do time espanhol, ao lado de Ronaldinho Gaúcho.

Mesmo do outro lado do mundo, Abelão assistiu à histórica virada do Fluminense e comemorou o bom resultado. Sincero como de costume, o novo treinador tricolor descartou qualquer mérito seu na virada e fez de exaltar o trabalho do interino Enderson Moreira e de Deco.

“Não teve dedo nenhum do Abel, só pensamento positivo. Foi tudo mérito do Enderson e do Deco. Conheço o Deco dos tempos de Portugal, pois ainda tenho negócios lá. É um jogador de caráter e por quem tenho uma admiração muito grande”, afirmou Abelão, em entrevista à "Rádio Brasil".

Apesar da excelente atuação no jogo de quarta-feira, o camisa 20 tricolor admite que ainda está longe de sua forma ideal e que pode render muito mais. Deco ainda não sabe se terá uma chance de começar jogando contra o Vasco, mas, independentemente da opção do novo treinador, o jogador provou que pode jogar em alto nível.

“Ainda tenho bastante coisa para melhorar. Só com os jogos vou poder estar bem. Talvez possa jogar 60 minutos no próximo jogo. Mas tem que analisar isso bem. O mais importante foi poder provar para mim que posso jogar em alto nível novamente”, disse.
 

Leia tudo sobre: FluminenseDecoAbel BragaCopa Libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG