Técnico do Corinthians esquece rivalidade e fala em apoio a santistas na final contra o Peñarol

O técnico do Corinthians não fará como o torcedor médio do time nesta quarta-feira. Ao invés de secar o Santos , rival paulista do clube do Parque São Jorge, Tite disse que estará na torcida do time da Vila Belmiro no confronto contra o Peñarol, nesta quarta-feira, pelo jogo de volta da final da Libertadores no Pacaembu.

Tite quer ver o Santos campeão da Libertadores
Gazeta Press
Tite quer ver o Santos campeão da Libertadores

Siga a página do iGCorinthians no Twitter

"O técnico do Cornthians não pode se diferenciar do ser humano, do brasileiro. Tenho grandes amigos no Santos, tem atletas com quem trabalhei. E tem a forma como jogamos contra eles (na final do Campeonato Paulista), digna e respeitosa e isso me faz torcer pelas pessoas", comentou Tite.

Entre para a torcida virtual do seu time e convide seus amigos

"A forma como o presidente do Santos me cumprimentou. O respeito após o jogo, com lealdade, sem tripudiar, sem estar feliz com tristeza do outro. Esse respeito do outro lado acaba gerando empatia. Eu vou torcer pelo Santos", completou.

Perguntado se sentia um pouco de inveja do momento de Santos e se gostaria de ser ele o finalista da Libertadores, Tite brincou. "Eu queria que nós estivéssemos lá e nesse caso queria que o Santos se ferrasse. Mas só se fosse nós estivéssemos na final, queria deixar claro", disse.

O treinador tem se mostrado solidário ao Santos neste momento de tensão que o clube rival vive e já havia parabenizado a decisão da CBF em adiar o jogo que o Corinthians faria na Vila Belmiro na última rodada, domingo. O jogo foi levado para o dia 10 de agosto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.