Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Eliminações precoces trazem prejuízo financeiro ao Botafogo

Clube deixou de arrecadar com cotas de patrocínio, premiações e bilheteria na Copa do Brasil e Taça Rio

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

A eliminação do Botafogo no Campeonato Carioca e na Copa do Brasil esquentou o clima entre o elenco e algumas torcidas organizadas. Protestos no desembarque da equipe, na última quinta-feira, muros da sede em General Severiano pichados e clima de tensão. Além de tudo isso, o time carioca teve outro tipo de prejuízo, que talvez seja até mais doloroso.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Fora das duas principais competições do primeiro semestre de maneira prematura, o Botafogo deixou de lucrar com premiações, contratos de patrocínio e renda de bilheterias das partidas. No cenário ideal, caso conseguisse vencer as duas competições, o clube carioca poderia lucrar mais de R$ 9 milhões. Mas a eliminação nas oitavas de final da Copa do Brasil, e a não classificação para a fase final da Taça Rio, fez com que o clube lucrasse pouco mais de R$ 3 milhões.

O vencedor da Copa do Brasil recebe R$ 3,4 milhões em premiações, somando todas as fases. O contrato de patrocínio com a empresa de bebidas Viton, para a área principal da camisa, no peito, também se encerrou com o fim da participação do Botafogo no torneio nacional. O valor, não divulgado pelo clube, girava em torno de R$ 1,2 milhão por mês.

Na Taça Rio o rombo foi um pouco menor. O vencedor recebe cerca de R$ 700 mil, mas ainda tem o direito de disputar a final do Campeonato Carioca, podendo aumentar o valor recebido. Sem nem ter se classificado para a semifinal, o Botafogo nada ganhou.

Por isso, o clube não deve cometer loucuras para contratar no Campeonato Brasileiro. Alguns jogadores que não agradaram no começo da temporada devem ser negociados, casos de Fabrício, Flávio Pará e Laio, que já estão treinando separadamente. A expectativa é diminuir a folha salarial para que o clube possa contratar novos jogadores e renovar com outros, como o volante Marcelo Mattos.
 

  Quanto poderia ganhar? Quanto ganhou?
 Copa do Brasil Se tivesse avançado até a final, poderia receber cerca de R$ 3,4 milhões em premiação, caso conquistasse o título. Se fosse vice-campeão, cerca de R$ 2,3 milhões.   Por ter avançado até as oitavas de final, o Botafogo recebeu R$ 450 mil.
 Patrocinador  O contrato para estampar a marca Viton na camisa iria até o final da participação da equipe na Copa do Brasil. Se chegasse a final, o Botafogo receberia por mais dois meses de contrato, podendo lucrar algo em torno de R$ 4,8 milhões. (R$1,2 milhão por cada mês).  Eliminado nas oitavas de final, a equipe recebeu o valor referente aos dois meses de exposição do patrocínio master na camisa, cerca de R$ 2,4 milhões.
 Taça Rio  O vencedor da Taça Rio receberá um valor aproximado de R$ 700 mil. Além de poder disputar a final do Campeonato Carioca, que renderá um prêmio não divulgado. Nada, pois não se classificou para a segunda fase da Taça Rio e não garantiu vaga na final do estadual. 
iG Rio de Janeiro

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG