Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Eliminação do Corinthians serve de exemplo ao Grêmio

Técnico e jogadores alertam para os riscos de enfrentar qualquer rival na Libertadores

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Além de corrigir os erros na vitória sobre o Liverpool, Renato Gaúcho tem outro trunfo nas mãos para fazer o Grêmio ir longe na Libertadores. A eliminação precoce do Corinthians serve de exemplo ao clube gaúcho na busca do tri da América.

“Quem iria imaginar? Temos de tirar lições. A principal é que não existe jogo fácil neste torneio. Lamento por ter um clube brasileiro a menos”, avaliou o treinador.

Renato, aliás, reuniu os jogadores no vestiário após o jogo de quarta-feira e alertou para os riscos de enfrentar qualquer rival. Até porque, no Grupo 2, os rivais são tão desconhecidos como o colombiano Tolima: Oriente Petrolero (Bolívia), Junior Barranquilla (Colômbia), e o León de Huánuco (Peru).

André Lima parece ter entendido o recado. Ao lamentar o mau momento para os amigos Fábio Santos e Jorge Henrique, o atacante prega respeito a qualquer adversário.

“Tivemos outro exemplo no ano passado aqui bem perto”, disse ao lembrar a derrota do Internacional para o Mazembe no Mundial de Clubes em 2010.

O meia Vinícius Pacheco acrescentou outro detalhe. Os times pequenos se superam neste torneio e conseguem eliminar os tradicionais.

“Nunca vi uma Libertadores fácil”, resumiu.

Leia tudo sobre: grêmiolibertadores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG