Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elias marca e Atlético encerra sequência invicta do Levante

Brasileiro marcou gol de falta e teve boa atuação na vitória do Atlético de Madri sobre o Levante por 4 a 1

Gazeta |

EFE
Elias comemora gol
Com a ajuda do ex-corintiano Elias, o Atlético de Madri bateu o Levante, em casa, por 4 a 1, em jogo da 33ª rodada do Campeonato Espanhol. Aguero marcou outros dois e García também deixou o seu na goleada da equipe madrilenha. A vitória, além de manter o time em boa posição na briga pela Liga Europa, encerrou uma sequência de oito jogos sem derrota do Levante.

Agora, o Atlético de Madri chega aos 49 pontos, na sexta colocação do Espanhol. O Levante, que não sabia o que era derrota desde o dia 19 de fevereiro, quando perdeu para o Real Madrid, por 2 a 0, parou nos 42, agora um pouco mais distante na briga por uma vaga na Liga Europa.

Na próxima rodada, o Atlético tentará mais vitória contra o Deportivo La Coruña, que foi derrotado pelo Hércules neste domingo. O Levante tentará se recuperar, em casa, contra o Sporting Gijón, que vem de vitória sobre o Espanyol.


O JOGO 
Com o atacante uruguaio Diego Forlán no banco, coube a Elias chamar a responsabilidade no começo do jogo. Aos 18 minutos, Nano fez falta em Aguero na meia lua da área. O ex-corintiano cobrou no ângulo direito de Munúa, que não conseguiu evitar o primeiro gol do Atlético no jogo, o terceiro de Elias no Espanhol.

Aos 27, Elias novamente chutou, mas desta vez Munúa conseguiu fazer a defesa, colocando a bola para escanteio. O volante levou perigo pouco depois, após driblar o goleiro, mas chutar mal, com pouco ângulo.

Embora tivesse dificuldades para atacar, o Levante conseguiu um pênalti, aos 38 minutos. Caicedo sofreu a penalidade e cobrou, de perna esquerda, empatando o jogo.

Logo no começo do segundo tempo, Aguero, de fora da área, acertou um bom chute, recolocando o Atlético a frente no placar. Elias seguia atuando bem e fez bom passe para Filipe Luís, que invadiu a área e chutou firme, para nova defesa de Munúa.

Aos 24 minutos, Diego Costa sofreu pênalti, que Aguero cobrou, para ampliar o placar para o time de Madri. No final do jogo, Elias ainda bateu escanteio na primeira trave, García fez o desvio e Munúa falhou, para que o Atlético fechasse o placar em 4 a 1.

Leia tudo sobre: espanhafutebol mundialeliasatlético de madri

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG