Treinador ainda deu a entender que atacante conversará, sim, com departamento financeiro sobre salário

Felipão no treino desta quarta-feira
Gazeta Press
Felipão no treino desta quarta-feira
Na onda de especulações da saída de Kleber do Palmeiras , Luiz Felipe Scolari criticou o Flamengo , dizendo que o time carioca "atira para todos os lados" e deu a entender que o atacante está, sim, insatisfeito com seu salário no grupo , confirmando os rumores que se iniciaram desde o desabafo do jogador após a goleada por 5 a 0 contra o Avaí .

Na coletiva, o pentacampeão foi questionado sobre as críticas que Kleber vem recebendo por parte da torcida, que chegam até a duvidar da lesão do atacante. Alguns afirmam que ele não quer mais jogar para evitar que a marca de sete jogos seja alcançada, o que impossibilitaria uma transferência para o mercado nacional em 2011.

Siga o Twitter do iG Flamengo e receba as notícias do seu time em tempo real

“O Kleber não precisa responder para ninguém. Eu sou técnico e respondo por isso. O Kleber não tem condições de jogar, assim como o nosso Departamento Médico falou. Ele teve já jogou contra o Avaí mesmo com dor. Ele asusmiu o cargo de capitão, tem me ajudado muito e não precisa dar explicações no Twitter, no BBB ou em qualquer outro lugar. O torcedor pode ficar tranquilo, o dia que ele tiver condições, vai a campo. Ele tem contrato com o Palmeiras, sabe disso, é um menino inteligente. Agora, todos sabem que, quando uma emissora concorrente acena em dobrar o seu salário, passa alguma coisa na cabeça. Só que às vezes a oferta não é a real e a gente tem que pensar bem. Pode ser só uma questão para complicar o time adversário. O clube que realmente quer não vai e oferece tudo que tem dito como Flamengo faz”, afirmou o comandante.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

“Eles (Flamengo) têm que chegar aqui e pagar os 15 milhões de euros pelo Kleber. Ele estão com todo esse dinheiro? Tem de ver se isso daí não é só para não tumultuar o ambiente. Se chegasse com isso (15 milhões de euros), o presidente poderia até ouvir. Mas eles (Flamengo) atiram para todo lado para arranjar confusão. Mas quem tem que responder isso daí não sou mais eu”, completou.

Pouco antes, o treinador já havia dito que o jogador quer continuar no Palestra Itália, mas que há situações em que a influência não será dele, mas de outros departamentos, como financeiro, por exemplo.

“Ele quer permanecer no Palmeiras, tem essa ideia de permanecer. Mas ter interferência no Departamento Médico e financeiro foge da minha condição. É normal que o Kleber venha a ter essas dúvidas (em relação ao salário). O que passa por mim, eu vou fazer, ele é titular absoluto, o meu capitão, coloco em campo, independente dessa situação financeira”, disse o treinador.

Coloque seu time em 1º no ranking na Torcida Virtual do iG Esporte

O Flamengo oficializou uma proposta ao Palmeiras para que 50% dos direitos federativos que pertencem ao clube paulista fossem vendidos. A ideia foi prontamente recusada por Arnaldo Tirone. Por causa de informações desencontradas, no entanto, o time carioca ainda acredita que conseguirá tirar o camisa 30 do Palestra Itália por um valor baixo, que chega perto dos R$ 15 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.