Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elenco do Palmeiras nega favoritismo contra reservas do Atlético-MG

O futebol está muito nivelado, e se a gente não entrar em campo concentrado, podemos ser surpreendidos, afirmou o volante Marcos Assunção

Agência Estado |

O técnico Dorival Júnior já antecipou que poupará boa parte dos titulares do Atlético-MG para o jogo desta quarta-feira, no Pacaembu, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. E, embora o Palmeiras precise apenas de um 0 a 0 após empatar o jogo de ida por 1 a 1, o elenco do time paulista procurou minimizar o favoritismo.

"Não existe mais essa coisa de favorito. O futebol está muito nivelado, e se a gente não entrar em campo concentrado, podemos ser surpreendidos. O Atlético é time grande e nós não vamos achar que está mais fácil pelo fato de eles poderem vir com o time misto. Pesa muito a tradição nessa hora", garantiu Marcos Assunção, exigindo respeito ao adversário.

"Não podemos entrar em campo com esse pensamento. No final do jogo, se acontecer isso, a vantagem vai valer de alguma coisa. Mas durante os 90 minutos, temos de buscar o gol a todo instante", pediu o volante.

Também o zagueiro Fabrício elogiou o Atlético-MG e minimizou o favoritismo do Palmeiras. "Essa coisa de time reserva é para tirar o foco. Com reservas ou não, eles com certeza vão fazer de tudo para tentar a vaga. Mesmo com a vantagem, vamos jogar para vencer", prometeu o defensor.

Leia tudo sobre: copa sul-americanapalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG