Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elenco do Guarani não desanima, e diretoria espera casa cheia

Última participação do Guarani na Série A1 do Paulistão foi em 2009, quando a equipe terminou o torneio na penúltima colocação

Gazeta |

O empate em casa por 3 a 3 com o Comercial, no último sábado, adiou em pelo menos uma rodada o sonho do Guarani de comemorar seu centenário com o retorno à elite do futebol paulista. Apesar do resultado negativo, o time ainda depende apenas de seus próprios resultados para conquistar o acesso. O clube poderá fazer a festa já no próximo domingo, às 16h (de Brasília), contra o Rio Preto, novamente no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

Líder do Grupo 4 da Série A2 do Paulista, com oito pontos, o Guarani precisa apenas de uma vitória nos dois próximos jogos (contra Rio Preto e São José) para conseguir a vaga. A situação pode ser facilitada caso o vice-líder, Comercial-SP, tropece diante do São José, no sábado, o que faria a equipe campineira jogar apenas por um empate.

Artilheiro do time na temporada, com dez gols, o atacante Marcos Denner lamentou a chance perdida, mas espera uma boa semana de trabalho para conquistar o sonhado acesso. "Temos a chance no jogo contra o Comercial e infelizmente não aconteceu. Agora temos que continuar o trabalho sem esmorecer", afirmou.

Para o jogo deste domingo, o Guarani contará com um reforço fora de campo. A diretoria do clube aumentou a carga de ingressos de 9,3 mil para 15 mil, depois dos incidentes ocorridos no último sábado, quando cerca de 2 mil torcedores ficaram do lado de fora do estádio.

A última participação do Guarani na Série A1 do Paulistão foi em 2009, quando a equipe terminou o torneio na penúltima colocação, com 14 pontos e apenas três vitórias em 19 jogos. No ano passado, o Guarani sequer passou da primeira fase da Série A2, ficando com o 14º lugar.

 

Leia tudo sobre: Guaranicampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG