Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elenco do Cruzeiro valoriza insistência até o fim da partida

Cuca disse que o time foi brioso e lutou até o fim para conquistar a complicada vitória sobre o América-TO

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

A vitória do Cruzeiro por 2 a 1 sobre o América-TO só saiu nos acréscimos do segundo tempo. Depois da disputada partida, os jogadores valorizaram muito a vontade demonstrada até o apito final do juiz, que foi premiada com o gol da vitória aos 48 minutos da etapa complementar.

“Vitória suada pois aqui não ganha fácil, pelas circunstâncias do jogo. Eles se prepararam bem, fizeram o jogo do ano deles. A condição diminuta do estádio fez que fosse um jogo de contato e eles têm bons jogadores de bola aérea. Mas fomos briosos, lutamos até o último minuto. Só tínhamos os flancos, e o gol da vitória saiu em uma jogada pelo flanco. Vitória muito difícil pela qualidade do adversário”, disse o técnico Cuca.

Para o atacante Thiago Ribeiro, que entrou no segundo tempo, o Cruzeiro demonstrou vontade de Libertadores no jogo contra o América-TO, pelo Campeonato Mineiro. “Essa é a primeira vez que jogamos aqui, imagina a vontade deles. Camisa e nome não ganham jogo, por isso entramos com a motivação lá em cima. Mostramos a mesma motivação de Libertadores hoje e jogamos como se fosse jogo de Libertadores”, ressaltou o atacante.

O zagueiro Gil destacou as dificuldades encontradas nas partidas do Campeonato Mineiro. “Campeonato Mineiro é complicado mesmo. Fizemos um gol no finalzinho e fomos premiados pela insistência durante todo o jogo”, afirmou o defensor.
 

Leia tudo sobre: CruzeiroCampeonato Mineiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG