Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Eleição no Botafogo tem apenas duas chapas confirmadas até agora

Além do atual presidente Maurício Assumpção, apenas grupo 'Mais Botafogo' deverá concorrer ao pleito

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Divulgação
Assumpção deverá ter apenas um adversário na disputa presidencial do Botafogo
Restando apenas seis dias para o prazo final de apresentação das chapas que concorrerão à presidência do Botafogo , somente dois grupos confirmaram presença no pleito, que será realizado em novembro e definirá o novo mandatário do clube pelos próximos três anos. Além do atual presidente Maurício Assumpção, que tentará a reeleição , a chapa 'Preta e Branca', do grupo de oposição 'Mais Botafogo', deverá ser a única adversária nas eleições do time de General Severiano.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

A confirmação da candidatura de Carlos Eduardo Pereira, da chapa 'Preta e Branca', aconteceu na última sexta-feira. Atual presidente da Comissão Permanente do Conselho Deliberativo, Pereira foi vice-presidente na gestão de Carlos Augusto Montenegro, em 1995, ano da conquista do segundo título brasileiro do clube. O vice-presidente da chapa será Anderson Simões, que foi vice-administrativo do Botafogo no início da gestão de Maurício Assumpção, em 2009.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Entre as principais promessas da chapa de oposição, um ponto que causou polêmica recentemente na gestão de Maurício Assumpção: a caracterização do estádio Engenhão, que teve cadeiras em vermelho colocadas nos setores Norte e Sul . Além dele, a reformulação do programa de sócio-torcedor e a tentativa de reestabelecer as finanças do clube.

Polêmica com Bebeto de Freitas dividiu oposição
Outra disputa travada em 2011 dividiu a oposição da equipe carioca. A tentativa de expulsão do quadro social do ex-presidente Bebeto de Freitas , liderada por Jorge Aurélio Ribeiro Domingues, do grupo 'Mais Botafogo', interrompeu as conversas com o grupo 'Movimento Carlito Rocha', também de oposição, mas que era contrário a expulsão de Bebeto. Assim, o 'MCR' deverá permanecer neutro no pleito deste ano.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

Entre personagens ativos da política do clube, Carlos Augusto Montenegro, ex-presidente entre 94 e 96, deve declarar voto em Maurício Assumpção. Já Cláudio Good, que foi vice-presidente financeiro na gestão de Maurício Assumpção e ensaiou uma candidatura, deverá se manter neutro.

Apesar de adversário, Assumpção segue favorito
Se em 2008, quando venceu a disputa para a presidência, Maurício Assumpção foi candidato único em um pleito que contou com uma tentativa de adiamento por parte da oposição e pedido de renúncia de 55 conselheiros, neste ano o mandatário terá ao menos um adversário. Mesmo assim, o iG apurou que Assumpção é favorito para a disputa e deve se reeleger com facilidade.

Segundo membros do Conselho Deliberativo que não quiseram se identificar, a boa campanha da equipe no Campeonato Brasileiro e o acordo para a construção de um CT para as categorias de base , em Marechal Hermes, fortaleceram a candidatura de Assumpção.

Leia tudo sobre: BotafogoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG