Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Eleição não afeta planejamento palmeirense, diz Felipão

Técnico disse que todos os candidatos estão sabendo dos planos da atual diretoria, em conjunto com a comissão técnica, para o elenco de 2011

Agência Estado |

O Palmeiras vive um conturbado momento político, com eleições presidenciais marcadas para janeiro. Mas, segundo o técnico Luiz Felipe Scolari, essa indefinição no comando do clube não vai atrapalhar o planejamento da equipe de futebol para a próxima temporada.

Felipão revelou nesta sexta-feira que todos os candidatos à presidência do Palmeiras estão sabendo dos planos da atual diretoria, em conjunto com a comissão técnica, para o elenco do ano que vem. E, de acordo com o treinador, todos eles concordaram com o planejamento feito até agora.

"O processo político não envolve nenhum problema para mim em relação a quem será o presidente. Nós estamos seguindo normalmente um processo de conversações com A, B ou C. E as pessoas que são candidatas à presidência do Palmeiras são sabedoras, todas elas, dos nomes que nós passamos. E todos entendem que essa é uma situação que deve ser seguida, independente de quem for o vencedor da eleição", contou Felipão.

O treinador explicou que passou uma lista de reforços para a diretoria e que tem, inclusive, conversado com alguns jogadores que interessam ao clube. Felipão acredita ser um importante trunfo para convencer os nomes pretendidos a acertar com o Palmeiras, principalmente por ter muitos contatos no futebol europeu, o que pode abrir portas para os atletas no futuro.

Felipão ainda lembrou que o Palmeiras precisará lutar para manter alguns jogadores do atual elenco, mas aproveitou para dar um recado para o grupo que disputou a temporada de 2010. "Quem ficar, tem que ficar com dedicação e com vontade. Tem que ser sabedor dos nosso problemas, das dificuldades financeiras que ainda temos aqui", avisou o treinador.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG