Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elano nega insatisfação pela reserva no Santos

Meia do time da baixada preferiu não criticar a escolha de Muricy Ramalho em deixá-lo no banco de reservas

Gazeta |

AE
Elano nega insatisfção por ficar na reserva do Santos
Dono de uma história rica em conquistas pelo Santos, o meia Elano vive uma situação diferente na Vila Belmiro, em 2012. Acostumado a ser titular absoluto do Peixe, o experiente jogador perdeu a posição para o volante Ibson e tem amargado a reservas nos últimos jogos da equipe. Mas, segundo o próprio Elano, essa situação em nada mudou a sua vontade de permanecer no clube.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Só acho que o reserva faz parte do time. Continuo da mesma forma, isso (perda da titularidade) não mudou em nada. Não sou 'duas caras' e nem tenho duas maneiras de trabalhar. Continuo com o mesmo respeito por quem está jogando", disse o atleta, que disputou a última Copa do Mundo pela Seleção Brasileira, em 2010.

Leia mais: Neymar recusa conselho de Mano para jogar na Europa

De acordo com Elano, caso isso não fosse verdade ele já teria deixado clara a sua vontade a comissão técnica santista e a diretoria alvinegra. "Quando eu não estiver feliz pego a minha mala e peço para ir embora. O Muricy (Ramalho, treinador) vai ser o primeiro a saber e o segundo, o presidente (Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro). Estou satisfeito e feliz no Santos. Por isso continuo trabalhando quieto, esperando uma oportunidade", comentou.

Confira ainda:
Rafael revela preocupação do Santos com gramado sintético

Tranquilo, o meia revelou que está se sentindo bem fisicamente e confiante de que pode retomar o seu posto como titular do Santos em breve. "Estou na minha forma ideal. Tive lesões no ano passado que me atrapalharam. Esse ano me preparei. Estou pronto para jogar uma partida inteira. Além disso, estou vivendo um momento diferente, em um clube onde tenho história. Estou em paz com a minha família e amigos. A paz reina no meu coração e creio que isso pode me ajudar dentro de campo", ponderou.

Indagado se a reserva teria abalado a sua relação com Muricy Ramalho, Elano tratou de negar a existência de qualquer problema com o técnico. "Ele tem todo o direito (de optar pelo Ibson). Já o respeitei em vários momentos e continuo respeitando o Muricy. O nosso diálogo sempre foi muito bom. Tenho entrado pouco (nos jogos), mas quando entro tenho me empenhado bastante. Agora, o momento é de ter paciência. Com o tempo tudo se encaixa", finalizou.

Leia tudo sobre: santoselano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG