Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elano enquadra Ganso sobre Corinthians para aliviar fama de vilão

Após saber do interesse do Corinthians em Ganso, Elano conversou em particular com o camisa 10

Samir Carvalho, iG Santos |

O meia Elano está preocupado com a situação do meia Paulo Henrique Ganso, que manifestou o interesse de jogar no futebol europeu, e foi xingado pelos torcedores após derrota no clássico contra o Palmeiras no último domingo. O camisa 8 cobrou o jogador sobre o interesse do Corinthians, e alertou que o atleta pode ser considerado o vilão da equipe pelos torcedores, caso o Santos seja desclassificado na Copa Libertadores da América.

“Fui conversar com ele antes do treino e pedi sinceridade. Ele me disse que não sabe nada do Corinthians, e não está negociando com ninguém. Estou trazendo a palavra do Paulinho neste momento: Ele está fechado com a gente”, disse Elano, que promete jogar por Ganso na próxima quarta-feira, contra o Colo Colo, pela Libertadores.

“Resumindo tudo isso: pode (ser considerado vilão em caso de desclassificação na Libertadores). Não é perseguição, estou passando isso para vocês e para as pessoas que trabalham com ele. Nós vamos fazer de tudo para que isso não aconteça. Eu fico com pena”, completa.

Elano acredita que Ganso é o menos culpado, e criticou a DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, pela situação do atleta, que está sendo pressionado pela torcida. No último domingo, o meia foi chamado de mercenário na Vila Belmiro. Isso porque, o presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, revelou o interesse de Ganso em jogar na Europa.

“Ele tem que sentar com o presidente e dizer: quero ir embora e pronto. As duas partes foram criando algumas situações que estão sobrando tudo para o jogador. O presidente (Luis Álvaro) só colocou aquilo que estava acontecendo”, disse.

 

 

 

Leia tudo sobre: santoselanocorinthiansganso

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG