Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elano encerra jejum, comemora artilharia e exalta Muricy

De volta a artilharia do Paulista, jogador marcou o primeiro gol sob o comando de Muricy Ramalho

Samir Carvalho, iG São Paulo |

Gazeta
Elano domina a bola no primeiro tempo do clássico
O meia Elano, que abriu o marcador na vitória do Santos por 2 a 0 contra o São Paulo, no Morumbi, festejou demais a classificação para a final do Campeonato Paulista e o gol marcado no clássico. Isso porque, o camisa 8 estava em jejum de gols desde a chegada de Muricy Ramalho, que assumiu a equipe há sete jogos. Elano também voltou a dividir com Liedson a artilharia do Campeonato Paulista.

Além de festejar a quebra do jejum e artilharia, Elano exaltou o desempenho do técnico Muricy Ramalho. Após o São Paulo pressionar o time da Vila Belmiro no primeiro tempo, o treinador sacou o atacante Zé Eduardo para a entrada do zagueiro Bruno Aguiar. O Santos passou a jogar com três zagueiros e diminuiu os espaços dos atacantes do São Paulo.

“Estou dividindo a artilharia com o Liedson, mas quero coroar com título. Eu venho crescendo e melhorando a cada partida”, afirmou Elano, que exaltou Muricy Ramalho.

“Ele foi muito importante. Ele soube analisar que o São Paulo estava bem no primeiro tempo e consertou o time para a segunda etapa”, disse o meia.

No final do jogo, Elano sentiu uma lesão na coxa e foi substituído pelo volante Adriano. “A lesão pode ter sido pela sequência de jogos, eu não sentia desconforto nenhum, mas acontece, são coisas do futebol”, concluiu Elano.

Leia tudo sobre: santoscampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG