Camisa 8 acredita que os meias Jorge Wagner e Leandro representam o maior perigo para o Santos no Japão

nullO meia Elano , do Santos , não esteve no estádio Toyota para acompanhar os dois jogos do Kashiwa Reysol, do Japão, no Mundial de Clubes da Fifa, diante do Auckland City, da Nova Zelândia, e Monterrey, do México. No entanto, o camisa 8 acompanhou os jogos pela televisão e analisou que os dois brasileiros do time japonês – os meias Jorge Wagner e Leandro Domingues são os pontos mais fortes do adversário.

Confira a tabela do Mundial de Clubes

“A gente acompanhou os jogos. Eles têm seus brasileiros como ponto forte, com suas qualidades, e temos que respeitar bastante”, afirmou Elano.

O meia descarta que o Santos tenha vantagem por estar mais descansado, já que o Kashiwa fez dois jogos nesta semana. “Eu não acho que temos vantagem porque eles jogaram, porque tivemos a viagem, a Libertadores, o Campeonato Brasileiro. É o momento de superação para os dois time agora”, afirmou Elano.

O Santos enfrenta o Kashiwa Reysol nesta quarta-feira, às 8h30 (de Brasilia), em Toyota, em jogo válido pela semifinal do Mundial. Os santistas estão escalados com a seguinte formação: Rafael, Danilo, Edu Dracena, Bruno Rodrigo, Durval; Henrique, Arouca, Elano, Ganso; Neymar e Borges.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.